FANDOM


Íconedeera-BrotherhoodÍconedeera-RevelationsÍconedeera-AC3Íconedeera-Assassinos

Predefinição:ÉpicoPredefinição:Spoiler a frente
William Miles
Tem uma imagem deste personagem?
Então, por favor, envie-a!
Informações biológicas
Informações políticas
Informações do mundo real
"Cuidado com o caminho fácil. Conhecimento cresce apenas através de desafio."
-William Miles. 
William Miles
William-miles-2
Informações biográficas
Nascido

1948

Informação política
Filiações

Assassins

Informações do mundo real
Aparece nas

Assassins Creed (cômico francês)  Assassins Creed: Revelations  Assassins Creed III

Dublador

Nick Jameson ( ACB ) John de Lancie ( ACR , AC3 ) 

William Miles (nascido em 1948) é um membro da Ordem dos Assassinos, que atuou como um contato para equipes de Assassinos espalhados por todo o mundo. Ele mantinha as equipes regularmente informadas sobre as situações dos outros. Ele tinha uma esposa e um filho, Desmond.

Inicialmente trabalhando a partir de um composto remoto conhecido como "A Fazenda", a dedicação de William à Ordem dos Assassinos permitiu-lhe assumir o papel de um oficial líder, e ele supervisionou as atividades dos Assassinos espalhados por todo o mundo.

No final de 2012, William se juntou à Desmond, Shaun Hastings e Rebecca Crane. A equipe tinha conseguido obter uma Maçã do Éden, e eles finalmente foram ao Grande Templo.

Ele também teve uma conversa com Lucy Stillman sobre a condição de Desmond Miles, que esteva sofrendo os efeitos colaterais do Efeito de Sangramento, na qual ele disse que deveriam continuar, já que precisavam da localização da Maçã. Nos vídeos do Multiplayer de Assassin's Creed Revelations, é revelado que William Miles é também o atual  mestre da ordem dos assassinos. Ao que parece William treinou personagens importantes da série como Desmond Miles, Lucy Stillman e Clay Kaczmarek.

Ainda não se sabe muito sobre sua juventude, porém levando se em consideração o ano em que nasceu (1948), e o ano em que seu filho Desmond nasceu (1987), é provável que William atuou como assassino durante o auge da Guerra Fria, principalmente no final da década de 60 até o final da década de 80, podendo ter participado de eventos importantes dessa época. Sabe-se que dedicou ao treinamento de Desmond até este ter fugido da Fazenda (um esconderijo dos Assassinos), no ano de 2003, quando o então Desmond possuia 16 anos de idade.   

BiografiaEditar

Um descendente de uma série de Assassinos notáveis, incluindo Ezio Auditore da Firenze , Edward Kenway e seu neto, Ratonhnhaké: ton William nasceu na Ordem dos Assassinos, e ele escolheu dedicar sua vida à Irmandade.

Em 1977,em plena Guerra Fria, William estava sendo perseguido por agentes dos Templários em Moscou depois que ele havia roubado os planos para o Animus. Depois de ser resgatado por uma membra da Ordem, William deu-lhe os planos e pediu que ela construísse o Animus antes que os Templários pudessem. Ele, então, partiu ao encontro de outra célula Assassina na cidade.


A Fazenda Editar

"Um dia você vai entender. Tudo isso desconforto vai valer alguma coisa, eu prometo."

-William Para Desmond durante o treino desta última.

Em 1987, ele viveu com sua esposa em um complexo assassino conhecido como "The Farm", que foi localizado nas Black Hills de Dakota do Sul, Estados Unidos. Lá, ele residiu no complexo com cerca de trinta outros membros.

William foi o responsável pelo treinamento dos jovens recrutas, mais notavelmente o seu próprio filho, bem como Clay Kaczmarek e Lucy Stillman. Quando Lucy chegou à idade de dezessete anos, ele tomou a decisão de criá-la fora da Ordem. Isto era para garantir que ela seria capaz de se infiltrar secretamente na Abstergo Industries, e seus laços com a Ordem foram cortados como resultado.

William também treinou Desmond rigorosamente, e muitas vezes enfatizava a importância de ser cuidadoso, bem como a ser preparado para um ataque a qualquer momento.

Pesquisando Daniel Cruz Editar

Em 1998, William foi contatado por Paul Bellamy, o assassino encarregado de um complexo na Irmandade localizado nos arredores da Filadélfia. Paul perguntou a William para procurar informações sobre um indivíduo chamado Daniel Cruz, que foi trazido para o complexo por Hannah Mueller sob a suposição de Daniel ser um Assassino.

William coletou informações sobre a ascendência de Daniel, e foi levado para o Assassino Russo Nikolai Orelov, que estava intimamente ligado à explosão de Tunguska. William transmitiu esta informação a Paul, e Daniel foi trazido para a Ordem. Em algum momento, William conheceu Cruz pessoalmente e acreditava em sua sinceridade.

Em Novembro de 2000, Daniel foi introduzido pessoalmente ao Mentor da Ordem, mas o assassinou devido a um impulso secretamente implantado em seu cérebro pela Abstergo durante sua juventude. Cruz também revelou a Abstergo a localização de todos os Complexos Assassinos que ele tinha visitado durante a sua busca pelo Mentor. Isto resultou nos Templários começarem a dizimar os Assassinos, pois iniciaram um esforço para destruir esses complexos. Quase todos os complexos dos Assassinos foram erradicados, os Templários finalmente extinguiram os Assassinos de uma vez por todas... porém... William foi avisado preventivamente, ele e outros Assassinos na Fazenda sobreviveram.

===
Supervisionando a Ordem === Com O Mentor morto, e quase todos os complexos Assassinos destruídos pelos Templários, os assassinos sobreviventes se esconderam, operando remotamente a partir de esconderijos. Futuramente, o controle da Ordem caiu sobre William, e ele começou a supervisionar as atividades da Ordem.

Em algum momento em 2003, Desmond partiu abruptamente d"A Fazenda", alegando que ele estava farto da paranóia dos pais sobre os Templários, e acreditando que eles sejam nada mais do que teorias da conspiração. Apesar dos esforços para localizar Desmond, William e os Assassinos foram bem sucedidos na recuperação dele.

Apesar da partida de Desmond, William continuou a servir com lealdade a Ordem, e mantinha em contacto com as células dos Assassinos através da sua rede de e-mail privado.

Em 2012, Lucy Stillman continuou a trabalhar secretamente na Abstergo Industries como assistente de Warren Vidic, que foi membro do Inner Sanctum dos Templários. Após a morte de ClaY Kaczmarek, que tinha sido utilizado no Animus Project da empresa como "Subject 16," a Divisão de Descoberta de Linhagem e Aquisição da Abstergo conseguiu rastrear Desmond e capturá-lo, eventualmente, usando-o no Projeto Animus como "Subject 17, usando Desmond para verem as memórias de Altair e conseguirem a localização da Piece of Eden de Altair e de seu mapa mundi.

Em torno deste tempo, William e os outros Assassinos fogem da Fazenda pouco antes de uma equipe enviada pela Abstergo chegar lá.


Recuperando Desmond Editar

Lucy finalmente tirou Desmond das instalações da Abstergo na Itália, e os dois se juntaram a Shaun Hastings e Rebecca Crane para continuar as sessões de Desmond no Animus, enquanto prosseguem os interesses dos assassinos. Durante este tempo, William manteve contato com a equipe de Lucy e aprendeu do progresso de Desmond.

Eventualmente, através de reviver as memórias de Ezio Auditore da Firenze, Desmond foi capaz de determinar a localização da Apple do seu antepassado; Apple of Eden de Ezio tinha sido escondida durante séculos dentro do Coliseu Vault. A equipe, então, entrou no Vault e Desmond pegou a Apple. No entanto, o corpo de Desmond foi manipulado por Juno, um membro da Primeira Civilização, que o fez esfaquear Lucy com sua Hidden Blade, matando-a.

William despachou vários Assassinos para recuperar a equipe a partir do Vault, e colocou Desmond dentro do Animus temendo sedá-lo tão cedo.

De volta ao Animus, Desmond continuou a reviver memórias de Ezio, e acabou encontrando uma sequência de memória restaurada a partir de 1506. A partir daí, ele recebeu um email de William afirmando que a sequência de memória que tinham encontrado levaria os assassinos a informação crucial sobre um outro Vault.

No final destas memórias, Leonardo da Vinci e Ezio Auditore localizaram outro Vault em Roma, que foi localizada sob o Templo de Pitágoras. Quando o DNA de Ezio ativa um pedestal, a sala projeta um conjunto de coordenadas: 43 39 19 N 75 27 42 W, o que levou a uma pequena cidade no estado de Nova York, que foi o local do Grande Templo deixado para trás pela Primeira Civilização.

Uma vez que a sequência foi concluída, William instruíu Harlan Cunningham para sedar Desmond, embora já era tarde demais; Desmond tinha entrado em coma e tinha caído no Salão Negro do Animus. Apesar deste revés, William estava confiante de seu filho iria se recuperar, e então ele e Harlan deixaram Desmond para investigar as coordenadas.


Deslocalização para Nova Iorque Editar

Enquanto Desmond permanecia no Animus, William transportou Rebecca e Desmond para Nova York, enquanto Shaun ficou na Itália para assistir ao funeral de Lucy. Durante este tempo, William examinou a Apple of Eden, embora ele concluiu que ele não tem os genes para empunhá-la corretamente e que seria muito perigoso mexer nela.

Na chegada, William ajudou a estabilizar Desmond, bem como monitorar sua condição. Enquanto supervisionava Desmond, William questionou Rebecca e Shaun sobre ele. William também mencionou que o DNA de Desmond tinha uma alta concentração de DNA da Primeira Civilização, que lhe permitiria dominar a Apple of Eden.

Quando seu filho finalmente acordou de seu coma, William foi o primeiro a cumprimentá-lo, com Desmond parecendo surpreso ao vê-lo, reconhecendo-o imediatamente. Desmond, depois de ver a maçã nas proximidades, declarou a sua equipe que ele sabia "o que temos de fazer", e William passou a liderar a equipe fora de sua van.


No Grand Temple Editar

Ao entrar no Grande Templo, William ordenou seu filho de volta para o Animus quando Desmond começou a sofrer do Efeito Sangria. Depois de completar as memórias de Haytham Kenway, Desmond saíu do aparelho, e William exigiu que Desmond voltasse novamente, a fim de encontrar a chave para a porta do templo mais rápido.

Farto de seu pai, Desmond briga com seu pai, e acusou-o de não ser melhor do que os Templários, para que William respondeu socando seu filho na cara.

William revelou que a força motriz de toda a sua carreira como um Assassino era para tornar o mundo um lugar melhor para seu filho, e que a contagem regressiva iminente não dava tempo para Desmond relaxar. No entanto, ele reconheceu que ele tinha sido um pai ruim para Desmond, embora os dois ainda evitavam um ao outro por algum tempo. Desmond começa então a ver as memórias de Connor Kenway, e o relacionamento de Connor e Haytham, o que muda um pouco as opiniões de Desmond.

Mais tarde, Desmond conversa com seu pai novamente, que pediu desculpas por ter socado ele, e os dois deixam de lado suas diferenças, com Desmond perguntando sobre as atividades de seu pai ao sair da Fazenda. Enquanto isso, a Abstergo tinha rastreado William por algum tempo, uma vez com a intenção de usá-lo como isca. Vidic planejava capturá-lo na esperança de que Desmond trocaria a Apple para a segurança de seu pai, ou a tentativa de resgatá-lo.


Captura por Abstergo Editar

Quando Shaun localiza a terceira fonte de energia no Cairo, William ofereceu para ir lá, como eles estavam ficando sem tempo e ele queria Desmond para se concentrar em encontrar a chave para o Grande Templo. Em seu caminho até lá, ele fala com seu filho, dizendo-lhe para relaxar, pois "luto contra esses bastardos antes de você [Desmond] ter nascido".

Reconhecendo a oportunidade, Vidic enviou o Mestre Templário, Juhani Otso Berg, para capturar William no museu do Cairo. Capturado William, Abstergo levou-o para o mesmo prédio onde Desmond havia sido preso alguns meses antes. William foi colocado no Animus, mas se recusou a cooperar, sabendo que isso iria impedir a Abstergo de usar suas memórias para a sua vantagem.

Vidic, em seguida, envia a equipe Assassina uma mensagem de vídeo em que ele esperava uma troca entre William e a Apple of Eden na posse de Desmond. Em resposta, Desmond obedeceu, mas escolheu começar um ataque a sede da Abstergo antes de chegar a William e Vidic.

Em sua chegada, Desmond navega a instalação e, eventualmente, usou a Apple para influenciar os guardas de Abstergo para matar Vidic e, em seguida, eles mesmos, antes de sair do edifício com seu pai.

Abrir a porta do Grande Templo Editar

Eventualmente descobriram a localização da Chave do Grande Templo e recuperá-la do túmulo do filho de Achilles Davenport, Desmond destrancou a última barreira que separava o grupo das câmaras internas do Grande Templo. Uma vez lá dentro, o grupo localiza um pedestal, e Juno explicou-lhes que iria proteger o planeta dos ventos solares com o toque de Desmond. No entanto, Minerva apareceu de repente na esperança de desencorajar Desmond, comentando que tocar o pedestal também despertaria uma Juno dormente, que iria conquistar a Terra para si mesma.

No entanto, em decidir que Juno poderia ser combatida, Desmond fez a sua escolha e passou a tocar o pedestal. William fez uma última tentativa de dissuadi-lo, mas Desmond não se intimidou e simplesmente disse a seus aliados para fugir do Templo. Após a saída do resto de sua equipe, Desmond tocou o pedestal, dando a sua vida para salvar o planeta.


Licença de ausência Editar

William, Shaun e Rebecca passou os próximos seis meses na clandestinidade. Eventualmente,depressivo pela perda de seu filho, William renunciou de sua posição na Ordem, delegou suas funções ao seu aliado mais próximo, Gavin Banks, e partiu para um exílio auto-imposto. William também deixou Gavin um códice, detalhando o que havia aprendido, antes de partir.

Shaun e Rebecca passaram algum tempo tentando localizar William, mas não tiveram sucesso. Depois de conhecerem Gavin no Peru, eles pegaram o livro de William e optaram por continuar a sua missão. Gavin expressou a esperança de William voltar quando ele recuperado de sua perda:., Entretanto, Shaun e Rebecca começaram a procurar o corpo de Desmond como eles sentiram que devia isso a ele. Descobriram que a Abstergo levou o corpo de Desmond e havia iniciado um projeto em que buscava ler as memórias de Edward Kenway com o objetivo de encontrar um Observatório.

Quando um Analista de Pesquisa da Abstergo Entretenimento deu aos Assassinos tudo que a Abstergo havia recuperado do corpo de Desmond, incluindo memorandos gravados para seu pai, William foi capaz de seguir em frente, e enviou uma mensagem de agradecimento ao Analista. No início de Janeiro de 2014, William havia retornado para os Assassinos, embora ele permaneceu como indescritível e difícil de entrar em contato como tinha sido quando ausente.


Bunker de William Editar

Em 1 de Maio de 2014, Gavin e à tripulação do Altair II localizam William em seu esconderijo na Noruega. Lá, um espião do grupo Iniciados tinha gravado uma briga entre Gavin e William sobre a saída de William da Irmandade e subsequente falta de contato com Gavin quando William tinha retornado.

Uma vez que Rebecca descobriu a presença do espião no tripulação do Altair II, William interrogou cada membro da tripulação em seu "White Room", o nome para a sala de interrogatório de seu bunker. Não sendo possível determinar com precisão o espião, William e Gavin concordaram em encomendar a Assassina Galina Voronina para executar Dra. Stephanie Chiu: companheiro tripulante Eric Cooper levantou-se contra ela, revelando que ele escreveu os relatórios de espionagem, enquanto ela apenas fez uploads. Tendo liberado os espiões, William explicou seu plano, explicando que ele havia decidido que os Iniciados parecia ser um grupo razoável.

Em 6 de junho, William e Gavin tem uma conversa sobre os acontecimentos recentes a respeito da partida do ex-Gavin e como ainda estava zangada com ele por isso. William confessou que não podia continuar a luta após a morte de Desmond. Mas sabendo o que a Abstergo fez com o corpo de seu filho o irritou ainda mais, mas também "reacendeu" seu desejo de lutar contra os Templários, mais uma vez. Gavin confiou-lhe que os Assassinos tinham perdido a luta por algum tempo agora, mas William assegurou-lhe que o futuro da Irmandade pode residir no apoio dos Iniciados, liderado por Shaun e Rebecca. Shaun junto de Bispo acompanha um Iniciado que vê as memórias do Assassino Arno Victor Dorian, com o objetivo de localizar o cadaver de um Sábio derrotado por Arno... então de repente a Irmandade recebe um e-mail dos Templários mostrando um filme sobre Shay Comac, uma mensagem dos Templários afrontando os Assassinos e revelando que sabiam onde se escondiam. 

(Curiosidade: Assassinos Modernos no Esconderijo: Emmanuel Barrasa, Emmet Leary, Eric Cooper, Gavin Banks, Galina Voronina, Kiyoshi Takakura, Nodar Ninidze, Rebeca Crane, Shaun Hastings, Stephanie Chiu, Susan Drayton e William Miles)

GaleriaEditar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória