FANDOM


Íconedeera-AC1Íconedeera-AC2Íconedeera-BrotherhoodÍconedeera-RevelationsÍconedeera-AC3Íconedeera-AC4Íconedeera-RogueEra-ACiÍconedeera-A QuedaÍconedeera-A CorrenteÍconedeera-Quadrinho FrancêsÍconedeera-TempláriosÍconedeera-AbstergoÍconedeera-emdestaque

PL MasterHQ Ezio, meu amigo! Como posso servir?

Este artigo precisa desesperadamente de uma repaginada. Por favor, melhore-o de todas as maneiras necessárias para atingir um padrão mais elevado e seguir o nosso Manual de Estilo.

Desmond: "Ei. Você acha que matar Vidic traz a Abstergo de volta?"
William: "Eu duvido. Claro, ele foi pioneiro no Animus, mas eles tiveram a tecnologia há décadas. Muitas outras pessoas podem tomar o seu lugar."
―Desmond e William Miles, discutindo sobre Warren Vidic, 2012.[src]
Warren Vidic
Warren Vidic
Informações biológicas
Morreu em

14 de dezembro de 2012
Roma, Itália

Informações políticas
Afiliações

Templários
Abstergo Industries

Informações do mundo real
Aparece em

Assassin's Creed
Assassin's Creed II
Assassin's Creed: Brotherhood
Assassin's Creed: Revelations
Assassin's Creed III

Dublador

Philip Proctor (inglês)
Tod Fennell (inglês; Assassin's Creed IV)
Alan Oliveira (português)

Warren Vidic (desconhecido – 2012) foi um membro da Ordem dos Templários e um cientista empregado pela Abstergo Industries. Vidic também foi o chefe de pesquisas da Abstergo, que o colocou no comando da pesquisa sobre memória genética e o projeto Animus.

Ele era o homem responsável por encontrar novos sujeitos para o Animus, cujas memórias genéticas ele, então, explorava para obter informações sobre tanto os Assassinos como as Peças do Éden.

Sendo um funcionário de alto escalão da Abstergo Industries, Warren foi um dos poucos membros do Inner Sanctum, um grupo de templários com plena consciência dos planos da Ordem para seu Novo Mundo. Ele também desempenhou um papel importante nesses planos, sendo encarregado de encontrar uma Peça do Éden para dar poder ao Eye-Abstergo.

Assassin's CreedEditar

"Você fica me observando enquanto durmo, doutor? Isso é meio estranho, sabia?"
―Desmond falando sobre o estranho hábito de Vidic, quase sempre, estar do lado de sua cama quando acorda.

Warren é visto pela primeira vez no começo do jogo depois que sua assistente, Lucy, desconecta Desmond do Animus. Desmond começa a gritar com eles dizendo que nao podiam prendê-lo e que ia embora, mas, Vidic retruca dizendo que se ele não concordasse em ajudá-los, o induziriam a um coma e e extrairiam as informações necessárias e depois o matariam, Desmond se acalma e, contra sua vontade, entra no Animus novamente. Quando Desmond é tirado do Animus após um curto periodo de tempo, ele vê Vidic tendo uma pequena discussão com Lucy, ela queria tirá-lo do Animus, mas, ele queria deixá-lo por mais um curto preiodo de tempo. Decidem não discutir na frente de Desmond e vão para a Sala de Coferências, lá dentro Vidic começa a gritar com Lucy. Lucy convence Warren a não deixar Desmond dentro do Animus por mais tempo, apesar de não concordar, ele manda Desmond descançar. Na proxima vez que o vemos ele está observando Desmond enquanto ele está acordando. Em todas as suas aparições no jogo, ou ele está respondendo questões de Desmond, ou gritando com ele para entrar no Animus ou para acordá-lo.

Quando Vidic está tomando café em frente a uma grande janela de vidro atrás de sua mesa, Desmond rouba sua caneta com todos os códigos de acesso, distraído como sempre ele nem mesmo percebe que Desmond passou por perto dele, muito menos nota que ele levou sua caneta e, respectivamente, o código de acesso ao seu computador, o qual contém seus e-mails, que podem ser lidos através do jogo, revelando novas informações sobre as Abstergo Industries.

Depois que Altair mata Al Mualim e ativa a Maçã, podemos ouvi-lo dizendo "Conseguimos!" se referindo à informação que Abstergo queria. Quando Desmond é desconectado do Anius, Warren é visto falando com três homens vestidos com ternos pretos, o do meio provavelmente sendo Alan Rikkin, que estão dentro da sala de conferências. Eles estão discutindo sobre a possibilidade de matar Desmond, porque não precisavam mais dele, mas, Lucy intervém argumentando que ele ainda poderia ser util para a empresa, caso eles precisassem de algo. Os executivos concordam com seu argumento e saem. Logo depois Vidic tem outra discussão com Lucy, porque ela "podia ter estragado tudo" e também porque ela é "muito teimosa". Logo depois os dois, Lucy e Warren, saem da sala, deixando Desmond sozinho em seu quarto.

Assassin's Creed 2Editar

Desmond: "E agora doutor? Parece que é só entre nós agora não é mesmo?"
Vidic: "Aproveite sua vitória, senhor Miles... Ela é temporária"
―Desmond e Vidic no final de ACII, Vidic parece bem irritado...

Vidic não é visto até o final da história, furioso com Desmond escapando da Abstergo, e lembrando a Lucy que salvou sua vida, manda os guardas atacarem. Os guardas são nocauteados por Desmond, que tirou suas habilidades do Bleeding Effect. Logo depois Vidic discute com Desmond sobre "aquela não ser a ultima vez em que eles o virão" e que a vitória dos Assassinos "é apenas temporária". Enquanto os créditos estão descendo Lucy diz que algum dia eles acabarão com os planos de Vidic.

Características e personalidadeEditar

Ele se mostra como uma espécie de homem impiedoso, inteligente, mas um pouco atrapalhado. Ele tembém tende a ser um pouco esquecido, sempre pedindo senhas a Lucy, ou Rikkin, que tinha esquecido ou não tinha. Apesar de ser inteligente, não era muito bom em cuidar de suas coisas, e impedir que outros as pegassem, um exemplo disso é sua caneta, com todos os códigos de acesso, que Lucy sempre acha no chão do estacionamento e a devolve a ele. Apesar de vários avisos de que algum dia sua caneta iria lhe causar problemas, felizmente, Vidic nunca se importou, levando ao roubo de sua caneta por Desmond. Warren parece ser uma pessoal amigável, exceto com Desmond, as outras cobaias e Lucy, pois em seus e-mails há sempre alguém conversando com ele, ou pedindo para almoçar com ele. Vidic parece não se importar muito com as cobaias, pois ele sempre está tentando deixá-las por mais tempo dentro do Animus e, não se importa com o que acontece com elas, nunca. Vidic também se mostra muito impaciente, seja pelo pouco prazo, ou de ansiedade, quando Lucy insiste em tirar Desmond do Animus depois de muito tempo nas sessões. Ele fica irritado e desapontado com ela, apesar de no outro dia ele aparecer todo feliz e amigável. Ele parece ser um homem firme, apesar de ser atrapalhado, que defende a causa na qual acredita.

Talvez ele não seja tão descuidado quanto pensamos, pois, Lucy tendo achado sua caneta no estacionamento, duas vezes, pode indicar que ela a roubou, teve acesso ao seu computador, em especial o computador da sala de conferência que contém um e-mail vindo de Rikkin, e logo depois usou a desculpa de que ele a tinha deixado cair, devolvendo-a sem gerar nenhuma suspeita.

MorteEditar

Warren Vidic morreu após Desmond controlar a mente de seus agentes Abstergo, fazendo assim, com que um dos agentes atirasse sobre a cabeça de Vidic e depois disparando a arma sobre seu próprio queixo, em Assassin's Creed III, quando o pai de Desmond é sequestrado.

CuriosidadesEditar

  • Em Assassin's Creed II o seu carro não está na sua vaga reservada do lado direito do estacionamento, indicando que na hora da fuga, ele não estava na Abstergo. Nas vagas ao lado da sua há um Lamborguini e uma moto vermelha, os dois aparentando ser muito caros. Provavelmente, Vidic também é rico.
  • Vidic aparece em Assassin's Creed: The Fall em um e-mail e também antes de Daniel matar O mentor.

GaleriaEditar

ReferênciasEditar

Predefinição:ACAQ

Predefinição:Initiates Predefinição:ACQF

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória