FANDOM


Íconedeera-AC2Íconedeera-BrotherhoodÍconedeera-RevelationsÍconedeera-AC3Íconedeera-AC4Íconedeera-RogueÍconedeera-SyndicateÍconedeera-Quadrinho FrancêsEra-ACiÍconedeera-Assassinos

PL MasterHQ Ezio, meu amigo! Como posso servir?

Este artigo precisa desesperadamente de uma repaginada. Por favor, melhore-o de todas as maneiras necessárias para atingir um padrão mais elevado e seguir o nosso Manual de Estilo.

PL ConnoisseurHQ Onde estão as pinturas?

Este artigo está precisando de mais imagens e/ou fotos de melhor qualidade, a fim de alcançar um status mais elevado. Você pode ajudar a Assassin's Creed Wiki enviando imagens melhores nesta página.

"Os Templários podem ter bolsos mais profundos do que nós, mas eles não obtiveram nenhuma ambição, paixão e vantagem competitiva! É por isso que, mesmo com todos os seus recursos, qualquer coisa que eles podem fazer, eu posso fazer melhor. Mais rápido também."
―Rebecca se gabando de sua vantagem criativa sobre a Abstergo.[src]

Rebecca Crane (nascida em 1984) é um membro da Ordem dos Assassinos e a criadora do Animus 2.0, que era carinhosamente conhecida como "Baby".

Ela era amiga de Lucy Stillman. Ela prestou apoio técnico para os outros membros da Ordem dos Assassinos, juntamente com seu companheiro assassino, Shaun Hastings.

BiografiaEditar

Início da vidaEditar

"Eu gostava de  esportes, mas depois que eu quebrei minha perna e comecei a brincar com computadores. Quem diria que a codificação pode ser tão emocionante."
―Rebecca Crane[src]

Rebecca foi uma dos poucos Assassinos que não nasceram na Ordem. Antes de entrar para ela, Rebecca praticava esportes, incluindo snowboard e paraquedismo. No entanto, quando ela sofreu uma fratura na perna, ela começou a perseguir um interesse em computadores durante sua recuperação, Rebecca também teve um relacionamento com um engenheiro eletrônico antes de ser contatada pelos Assassinos.

Algum tempo depois de seu próprio recrutamento na Ordem, Rebecca foi responsável pela contratação de Shaun Hastings. Desde quando ele descobriu alguns dos segredos da Abstergo Industries, Shaun começou a espalhar esses segredos sobre os planos da empresa, assim, atraindo a atenção indesejada. Rebecca tentou afastá-lo, dizendo que ele estava "brincando com as pessoas erradas". Ela assumiu que Shaun não acreditava nela, pois ele continuou seu trabalho.

Rebecca também era uma velha amiga de Lucy Stillman, embora as duas não se viam há sete anos depois de 2005, durante esse tempo Lucy estava trabalhando disfarçada na Abstergo. As duas só se reuniram em 2012, após Desmond e Lucy fugirem dos laboratórios da Abstergo.

Se escondendoEditar

Os Assassinos andaram escondidos desde o ataque que massacrou a Ordem. Lucy se manteve escondida com Shaun em um apartamento, operando de lá. Quando Lucy e Desmond fugiram, eles foram ver Rebecca e Shaun para que possam usar o Animus e reviver as memórias de Ezio Auditore da Firenze.

Em um determinado momento, Desmond perguntou a Rebecca se ela já tinha usado o Animus para aprender sobre seus antepassados. Ela comentou que a vida que ela tinha revivido era muita chata em comparação com os dos ancestrais de Desmond.

No esconderijo, Rebecca serviu como suporte técnico para o Animus 2.0, garantindo que nada desse errado com a máquina ou com a interação de Desmond com Ezio Auditore. Ela muitas vezes deixava notas dentro dos artigos do banco de dados que Shaun criava, conforme Ezio descobria novos locais, eventos ou indivíduos.

Pouco depois de Desmond receber o aviso de Minerva, de que os agentes da Abstergo encontraram e invadiram o esconderijo. Rebecca ajudou Shaun a recolher o equipamento e eles fugiram em uma van, Rebecca conseguiu configurar o Animus dentro dela, permitindo que Desmond treinasse no Animus novamente e terminar todas as memórias restantes enquanto iam para um local seguro.

MonteriggioniEditar

Desmond: "Você parece focada."
Rebecca: "Eu estive ocupada aprendendo sobre os novos sistemas."
―Desmond e Rebecca no Santuário

Depois que eles chegaram em Monteriggioni e ganharem acesso ao Santuário, Rebecca foi novamente responsável pelo Animus e seus outros equipamentos. Para preparar a câmara subterrânea, Rebecca deu a Desmond vários dispositivos de sua própria autoria.

Ao longo da sua estadia na Villa Auditore, Rebecca enviava regularmente emails para seus companheiros de equipe, geralmente envolvendo questões fúteis, como seu MP3 player e Shaun tinha roubando iogurte de Lucy. Ela também informava a Lucy, aparentemente preocupada, que Desmond estava gritando em seu sono. 

=Viagem ao ColiseuEditar

Quando Desmond descobriu a localização da Maça do Eden escondida por Ezio Auditore, eles viajaram até o Coliseu, Lucy levou Rebecca e Shaun em uma rota alternativa através de Capitólio por sugestão de Shaun (como ele e Rebecca não possuíam habilidades necessárias de parkour). Quando Juno, um membro da Primeira Civilização, apareceu e falou com Desmond no templo escondido da primeira civilização no Coliseu, Rebecca, junto com Shaun e Lucy, não podiam nem ouvir, nem vê-la.

Como Desmond pegou a maçã, ele estava possuído por Juno. Ela presenteou-o com uma visão do que poderia acontecer se Lucy fosse deixada viva, e influenciou Desmond a matá-la com a Lâmina Oculta. Quando Juno abandonou seu controle, Rebecca e Shaun ficaram surpreendidos.

"Toda morte é uma tragédia. Para alguém, em algum lugar."
―Rebecca, a respeito da morte de Lucy.

Após a morte de Lucy e a chegada de William Miles, Rebecca colocou Desmond de volta no Animus. Enquanto William estava confiante de que Desmond estaria seguro, Rebecca advertiu que o Animus não foi construída para sustentar os processos cognitivos, e que Desmond estava em um estado grave. No entanto, após Desmond ter revivido as aventuras de Ezio em Constantinopla, ele conseguiu recuperar a consciência.

Grande TemploEditar

Após Desmond encontrar Daniel Cross, em Manhattan, Rebecca mencionou que já tinha ouvido falar dele antes. Embora ela não tivesse conhecido pessoalmente Cross.

Rebecca e Shaun ajudaram a localizar as fontes de energia que faltavam, a fim de abrir a porta do templo, levando Desmond primeiro a Nova Iorque, em seguida, para o Brasil e, em seguida, o prédio da Abstergo Industrie na Itália, onde Desmond havia sido mantido em cativeiro.

Depois de finalmente abrir a porta, Desmond e sua equipe, encontraram Juno e Minerva nas profundezas do templo. Quando lhe foi dada a opção de deixar o mundo ser destruído ou salvá-lo e libertar Juno, Desmond disse a Rebecca, Shaun e William para sair e chegar o mais longe do templo possível. Uma vez que eles tinham recuado, Desmond se sacrificou para proteger a Terra a partir do segundo desastre e libertou Juno de sua prisão.

Infiltrada na AbstergoEditar

No final de outubro de 2013, como parte de sua missão de aprender o que podia sobre o destino de Desmond, Rebecca e Shaun se infiltraram na Abstergo Entertainment sediada em Montreal. Rebecca agiu como uma mensageira, na coleta de uma série de arquivos de dados que haviam sido obtidos por um analista de pesquisa a mando de John Pitcairn. Quando os verdadeiros motivos de John foram revelados, Rebecca contactado diretamente o pesquisador, alegando que ela e o Shaun estão dispostos a continuar com o projeto de hackers se o empregado quiser.

Em 2 de dezembro, Rebecca envia um e-mail a Gavin Banks, informando-o sobre a morte de John, e sua intenção de deixar Montreal a fim de analisar a informação que recolheu e planejar sua próxima jogada.

Descobrindo os IniciadosEditar

Em maio de 2014, Rebecca e Shaun tinham se reunido com William em seu bunker na Noruega. Quando o Altair II foi ancorado lá, Rebecca veio a bordo para realizar a manutenção na Hefesto Email Web, quando ela descobriu uma série de relatórios de espionagem codificados enviadas para "Banco de dados Iniciados".

Rebecca e Shaun posteriormente tentou determinar onde os relatórios estavam sendo enviados, enquanto William interrogava a tripulação de Gavin para descobrir quem era o espião.

Eventualmente, o que Rebecca encontrou nos Iniciados convenceu William e Gavin que eles eram um grupo razoável, convencê-os a poupar Eric Cooper e Stephanie Chiu depois de terem sido expostos como os espiões.

Rebecca ficou impressionada quando Cooper e Chiu mostrou sua rede de satélites secreta dos Iniciados , apelidando de "Outernet". Posteriormente, William encarregou ela e Shaun com o recrutamento dos Iniciados.

Obtendo dados dos TempláriosEditar

Juntamente com Shaun, eles foram incumbidos por Bispo para se infiltrar no escritório de Isabelle Ardant para ter acesso à busca da Abstergo por Peças do Éden. No entanto, eles desconsideraram as ordens de Bispo e esperaram por Ardant chegar apenas para serem emboscado por Templários. A dupla escapou por pouco de Juhani Otso Berg e Violeta da Costa após Bispo detonar seus explosivos pré-plantados. O único dado obtido era que os Templários estavam procurando uma Peça do Éden na cidade de Londres, o que força Bispo a pedir a um Iniciado a ver as memórias de Jacob e Evie Frye para descobrir qual Peça do Éden os Templários procuravam e onde ele estava grudado.

Algum tempo depois, os Templários descobrem que o Sudário do Edén estava escondido sob o Palácio de Buckingham e viajam para o cofre para recuperar o Sudário de seu lugar de descanso apenas para serem surpreendidos por Hastings, Crane e Galina Voronina. Violet da Costa tentou atirar em Voronina quando ela estava obtendo vantagem contra Berg, mas foi impedida por Rebecca Crane, ela tentou atirar em Shaun depois que ele havia matado Ardant apenas para testemunhar Rebecca se colocando a frente da bala para salvar Shaun, a Templária foge com o Sudário deixando Berg mais a Equipe Sigma para atrás para que sua missão fosse concluída. Infelizmente para os Assassinos a missão foi um fracasso e os Templários obtiveram sucesso.

PersonalidadeEditar

Rebecca parece falar e agir como se fosse "das ruas", e talvez até um pouco moleca. Ela é completamente o oposto de seu colega, Shaun Hastings, sendo simpática e faladora. Ela tem grande orgulho por seu trabalho, quase sempre elogiando o Animus, indo tão longe nisso, que-o trata pelo apelido de "Baby".

Mas apesar de ser simpática, não tem muito assunto com Desmond.

  • Quando ela está usando o Animus, Rebecca adiciona informações ao banco de dados usando o apelido de "REBECCAC84". O "84" pode significar que ela nasceu em 1984, completando 28 anos em 2012.
  • Rebecca se parece muito com uma personagem da Renascença, Rosa, especificamente o seu penteado. Outra comparação entre as duas personagens é que, quando Ezio domina uma habilidade nova de escalada, Rosa desafia-o com uma corrida até o topo de um edifício sob a contagem de tempo. Em um comentário de um edifício na mesma área, o Santo Stefano, Rebecca comenta que gostaria de competir com Desmond ao topo daquele edifício, como se ela estivesse lá. É possível que Rosa seja uma das antepassadas de Rebecca.
  • Quando Lucy e Desmond entram pela primeira vez no esconderijo, Rebecca cumprimenta Lucy e diz: "Faz muito tempo. Sete anos!", isto prova que a última vez que as duas se viram foi em 2005.
  • Em Brotherhood, Rebecca revela que uma vez entrou no Animus e descobriu que sua antepassada era uma mercenária a trabalho na Prússia. Desmond pergunta "você já usou o Animus", ela diz que sim e Shaun brinca dizendo que ela era algum tipo de solteirona mas ela fala: "minha antepassada era uma mercenária da Prússia, fiquei horas em um tiroteio, CHATO!!!"

CuriosidadesEditar

  • O nome de Rebecca é derivado do nome hebraico Rivqah, רִבְקָה, que é tradicionalmente associado com os significados "para prender,  ou "armadilha, cilada".
  • Quando no Animus 2.0, Rebecca da informações adicionadas ao banco de dados usando o nome REBECCAC84.
  • Senha de e-mail de Rebecca é Snowmass84, provavelmente reflete seu hobby anterior.
  • Em um de seus e-mails, Rebecca falou sobre algumas vezes sobre sua família e seu cão.
  • Em Assassins Creed: Brotherhood, foi sugerido que Rebecca era uma motorista imprudente, como quando ela se ofereceu para dirigir a van, Shaun se recusou, dizendo: "Ah, boa tentativa eu vi o seu carro."

GaleriaEditar

Predefinição:ACFC Predefinição:Initiates