FANDOM


Íconedeera-AC2Íconedeera-RevelationsÍconedeera-Liberation

Este artigo é sobre os alvos de notoriedade. Você talvez esteja procurando pela classe de guardas.

"Você pode caçar aqueles que mostram falso testemunho contra você. Eles trocaram a dignidade pelo dinheiro e as mortes deles não seriam lamentadas."
Paola falando com Ezio Auditore sobre os oficiais.
Oficiais

Um oficial mostrando um cartaz de procurado de Ezio Auditore.

Oficiais municipais eram homens de poder corruptos que eram subornados pelos Templários a acusar e mostrar falso testemunho e evidência contra Assassinos, e por isso eram perseguidos por eles.

Durante a Renascença, quando a notoriedade do Assassino Ezio Auditore da Firenze chegasse a um patamar elevado, oficiais iriam aceitar subornos dos Templários e apresentar acusações falsas contra o Assassino. Quando tinha alta notoriedade, Ezio geralmente perseguia e assassinava estes oficiais corruptos, abaixando o grau de notoriedade a quase nada.

No entanto, a maioria dos oficiais eram homens paranoicos e cientes de seus inimigos, e iriam fugir e chamar os guardas assim que eles avistassem o Assassino, atraindo bastante problemas e atenção indesejada. Por isso, era mais efetivo assassinar um oficial discretamente, em meio a uma multidão.

Em Constantinopla, oficiais também agiam do mesmo modo que suas contrapartes italianas, mas ao invés de fugir, ficavam e lutavam ao lado de seus guarda-costas. O mesmo acontecia em Nova Orleães no Período Colonial.

ReferênciasEditar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória