FANDOM


Íconedeera-AC3Íconedeera-LiberationÍconedeera-AC4Íconedeera-Rogue

Logopequenodawikipédia
Thatch: "Nada em volta, infelizmente. Mas há algumas escavações lá que não foram descobertas por nada além de caranguejos e corais."
Kenway: "Vou dar uma olhada."
Edward Thatch e Kenway sobre um Naufrágio, 1978[src]
AC4 Antocha Wreck

Um naufrágio subaquático no Caribe.

Os naufrágio eram locais que se localizavam navios destruídos, que tinham afundado no oceano ou encalhado. Eles foram frequentemente explorados por catadores que esperavam recuperar parte da carga do navio ou objetos de valor.

HistóriaEditar

Durante a era da vela, navios de todos os tipos muitas vezes acabaram por naufragar em algum local por diferentes razões. Em regiões como o Caribe, as águas rasas combinadas com os furacões frequentes e as tempestades tropicais levaram a uma grande quantidade de navios a serem lançados nas costas rochosas; com sua casca encalhada, muitas vezes afundava antes que a tripulação pudessem ser resgatados.[1] Em regiões mais ao norte, como a Passagem Noroeste, as embarcações às vezes ficaram cercadas por gelo.[2][3]

Em 1715, a Frota do tesouro espanhol entrou em uma tempestade tropical e depois afundou a costa da Flórida, levando consigo uma fortuna de reais. Isso fez com que piratas de todos os tipos se aproximassem da região em busca de riqueza, muitos deles anteriormente sendo corsários que estavam desempregados devido ao Tratado de Utrecht em 1713.[1]

Diving For Medicines 3

Edward usando os sinos de mergulho.

Através do uso de sinos de mergulho, muitos conseguiram alcançar os destroços afundados e pegar o conteúdo; dessa maneira, o pirata Edward Kenway recuperou muitos tesouros, depois que ele tentou encontrar remédios no naufrágio de San Ignacio em janeiro de 1718 em nome da República Pirata de Nassau.[1]

Algum tempo durante o século 18, um pequeno navio encalhou em Louisiana Bayou e veio a ser usado como um acampamento por um culto crescente. O acampamento foi posteriormente dissipado pela Assassina Aveline de Grandpré, que procurou apagar a influência do grupo de seguidores no pântano, nas ordens de seu Mentor Agate.[4]

O Kanien'kehá:ka Assassino Ratonhnhaké:ton também explorou vários naufrágios em sua busca pelo tesouro do capitão Kidd. Em 1774, ele viajou para a Ilha Dead Chest, onde ele perseguiu um scavenger através de vários navios encalhados, eventualmente assassinando-o e recuperando um pedaço do mapa do tesouro de Kidd. Dois anos depois, ele viajou para o naufrágio do Octavius, um navio que ficou preso no gelo e conseguiu adquirir outro pedaço do mapa.

Naufrágios conhecidosEditar

Atlântico NorteEditar

GaleriaEditar

ReferênciasEditar

  1. 1,0 1,1 1,2 Assassin's Creed IV: Black Flag
  2. Assassin's Creed III
  3. Assassin's Creed: Rogue
  4. Assassin's Creed III: Liberation