FANDOM


Íconedeera-AC4Íconedeera-MemoriesÍconedeera-Bandeira NegraÍconedeera-Templários

"Pistolas, lâminas, canhões, granadas. Qualquer coisa que pode matar um homem, eu estou feliz em oferecer."
―Julien du Casse, a respeito de sua carreira como um traficante de armas, 1715.[src]
Julien du Casse
Julien du Casse
Informações biológicas
Nasceu em

1682
Montpellier, Reino da França

Morreu em

Setembro de 1715
Grande Inagua, Índias Ocidentais

Informações políticas
Afiliações

Marinha Francesa
Marinha Espanhola
Templários

Informações do mundo real
Aparece em

Assassin's Creed IV: Black Flag
Assassin's Creed: Black Flag

Dublador

Alex Ivanovici

Julien du Casse (1682 – 1715) foi um traficante de armas Francês e um membro da Ordem dos Templários nas Índias Ocidentais. Ele possuía um esconderijo discreto na Grande Inagua para ajudá-lo a realizar seu comércio e assuntos Templários.

Um corsário e mercenário experiente, du Casse foi introduzido à Ordem por Laureano de Torres y Ayala. Provando-se rapidamente para ser um trunfo, du Casse funcionou como sicário de Torres, bem como o principal fornecedor de armas e munições dos Templários Caribenhos.

Biografia Editar

Início da vida Editar

Julien era filho de um bucaneiro chamado Jean du Casse. Apesar de ser um ótimo atirador ele desertou o exercito da França e virou um comerciante de escravos, um trabalho que ele não tinha orgulho.

Juntando-se aos Templários Editar

Julien acaba descobrindo que trabalhar como um mercenário é mais lucrativo, assim ele conheceu Laureano de Torres y Ayala, Grão-Mestre da Ordem dos Cavaleiros Templários. Julien então se torna um membro da Ordem e eventualmente se torna um dos líderes do rito caribenho, ao lado de Torres e Woodes Rogers. Torres, Rogers e du Casse convidaram o assassino Duncan Walpole para desertar os Assassinos e se juntar aos templários, dizendo a Duncan que eles irão pagar com dinheiro e não com palavras. Entre tanto, Walpole é assassinado pelo pirata Edward Kenway e Edward rouba a identidade do traidor assassino, planejando roubar a recompensa de Walpole que seria dada ao falecido assassino pelos templários. Rogers e du Casse recebem Edward na mansão do governador Torres, onde eles praticam tiro ao alvo como esporte. Du Casse nota que "Duncan" não possui nenhuma Lâmina Oculta, e então dá de presente um par delas, fazendo questão de dizer que ele as tomou de assassinos mortos por ele mesmo. Junto com Torres, Edward e Rogers, du Casse planeja o ataque deles contra algumas das sucursais assassinas. Um dia depois, du Casse e os outros templários interrogam Bartholomew Roberts, um Sábio que poderia revelar a localização do Observatório. Eles são emboscados por assassinos, mas conseguem sobreviver o ataque e levar Roberts a um forte. A noite, Roberts escapa e du Casse pega Edward junto com uma pilha de guardas mortos. Torres e du Casse então descobrem que Edward não é quem eles achavam, e mandam ele em uma frota para a Espanha para ser preso ou pior. Edward consegue escapar entre tanto e roubar um brigue chamado Gralha.

Morte Editar

Du Casse foi recompensado grandemente pelo seu trabalho com um dos maiores galeões de todo o Caribe, o El Arca del Maestro. Julien não sabia entre tanto que esse galeão era cobiçado pelos piratas de Nassau, que queriam fortalecer as defesas da pequena republica pirata deles. Por causa disso, Edward se ofereceu para ir atras do templário, temendo que ele saiba que ele conseguiu fugir da cadeia. Julien foi morto na ilha de Grande Inagua por Edward, e em seus últimos suspiros ele disse a Edward que ele sentia pena dele, e que as ambições dos templários eram muito maiores do que dinheiro e conforto.

Referência Editar


Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória