FANDOM


PL MasterHQ Ezio, meu amigo! Como posso servir?

Este artigo precisa desesperadamente de uma repaginada. Por favor, melhore-o de todas as maneiras necessárias para atingir um padrão mais elevado e seguir o nosso Manual de Estilo.

Íconedeera-AC1Íconedeera-AC2Íconedeera-BrotherhoodÍconedeera-Revelations


Guardas são os adversários mais comumente encontrados na Alta Idade Média e no Renascimento .
Agile

Agile milícia básica dentre as tropas renascentistas.

Alta Idade MédiaEditar

Durante o curso da Idade Média, havia dois tipos principais de guardas: Soldados e Arqueiros. Os arqueiros costumavam ser praticamente os mesmos, enquanto havia três grupos de soldados, os quais estavam armados com espadas de diferentes estilos.

Durante a Terceira Cruzada, os soldados usavam a armadura e cores de ambos os Sarracenos ou Cruzados, com estes últimos subdivididos em guardas pessoais do Rei Ricardo I da Inglaterra, ou os Cavaleiros Templários, Hospitalários, e Teutonicos.

Saracenos eram leais ao Sultão Saladino do Egito e da Síria e ao sultão turco Kilij Arsian II enquanto os Cruzados eram leais aos Reis Ricardo I da Inglaterra e Filipe II da França como também ao Imperador Frederico Barbarossa da Alemanha.

As cores dos uniformes Crusados diferiam com sua afiliação, com a guarda pessoal do rei Richard vestindo vermelho e branco, Templários vestindo branco com cruzes vermelhas, Hospitalários vestindo preto com cruzes brancas, e Teutônicos vestindo branco com cruzes pretas.

Os guardas comuns cruzados e muçulmanos falavam Inglês. Os capitães e sargentos cruzados falavam francês ou alemão. Os capitães e soldados mulçumanos falavam turco ou árabe e os Cavaleiros Templários falavam todos os dialetos (mas só falavam árabe na luta contra Altaïr e os impostores de Robert ).

Encontram-se a seguir os diferentes ranques de um guarda soldado, bem como certos tipos especiais de protetores:

Guardas RegularesEditar

Os guardas comuns não usam capacetes (ou usam turbantes em vez disso,para aqueles em cidades muçulmanas) e só foram equipados com armadura de couro . Eles não eram capazes de fazer, não podiam fazer varios ataques seguidos e não podiam contra-atacar. Eles só desvivam ataques, com 25% de chance de se esquivar de um ataque fraco. Guardas e arqueiros estavam junto com os guardas comuns, exceto que eles só são encontrados em telhados, usavam um capuz, e arcos para ataques à distância.

Sargentos da Guarda Editar

Os Sargentos da Guarda eram equipados com capacetes, sua variação Cruzada usavam coletes cota de malha enquanto sua versão Sarracena usavam armaduras lamelares. Tinham 50% de chance de interromper um ataque de agarramento, 50% de chance de contra-atacar ou desviar de um ataque, além de 20% de chance de quebrar a defesa do adversário mas não podiam realizar vários ataques seguidos.

Capitães da GuardaEditar

Os Capitães da Guarda são os guardas mais poderosos abaixo dos Cavaleiros Templários. Os capitães mulçumanos usam capacetes e armaduras Baidah lamelares, enquanto os Cruzados usam coletes de cota de malha, luvas de cota de malha com diferentes variações para os elmos. Eram capazes de agarrar o adversário com 75% de chance de impedir o mesmo ataque, tinham também 75% de chance de bloquear ou desviar de um ataque. Além de terem 50% de chance de quebrar as defesas do adversário e podem realizar vários ataques seguidos.

Cavaleiros TempláriosEditar

Templar2

Um Cavaleiro Templário

Os cavaleiros Templários ocupavam um ranque especial na guarda.Eles eram semelhantes aos Capitães da Guarda, possuindo mais poder e uma armadura diferentes, na qual podemos detalhar o capacete, sempre coberto de sangue. Eles sempre iniciam uma luta quando veem Altaïr não importando o Status social do mesmo, os guardas comuns sempre recuam quando Altaïr inicia uma luta com os dos Templários. Eles podem ser encontrados em vários lugares, em trilhas de montanhas e cidade mulçumanas. São ferozes soldados de elite e mestres no uso da espada.

Guarda de Masyaf Editar

Os guardas de Masyaf, apesar de serem marcados como aliados via Eagle Vision, funcionam exatamente como os normais. Eles são equipados com vestes semelhantes às de Altair, mas eles só têm uma espada longa e suas vestes são mais curtas. Os guardas comuns não usam capuzes, os guardas de elite usam capuzes, e os capitães de guarda usam capuzes e máscaras de pano, deixando apenas seus olhos visíveis. Todos eles falam Inglês (na realidade Arabe traduzido para o Inglês pelo Animus) e tem todos os cinco dedos, indicando que, embora os membros da ordem, eles não são assassinos próprios, em vez de servir como "soldados comuns" dos Assassinos. Eles são equipados com vestes semelhantes às de Altair, mas eles só têm uma espada longa e suas vestes são mais curtas.

Seculo 15Editar

Ao longo do Renascimento, várias facções de guardas existia, e eram filiados a cidades ou a indivíduos específicos em vez de exércitos. Eles possuíam cores únicas, muitas vezes juntamente com o brasão da família ou cidade que serviam.

Guardas da Casa dos Pazzi usavam quepes pretos, luvas vermelhas com preto e listras douradas, placas de armadura de ouro e o brasão dos Pazzi. Eles só podiam ser encontrados em Florença e Toscana, durante o auge da influência da família, até o fim da conspiração Pazzi.

Guardas que serviam a Casa de Médici usavam quepes amarelo escuros, mangas listradas amarelas e brancas, placas de armadura preta, e o brasão dos Medici. Eles foram nomeadamente visto durante e após a repressão da conspiração Pazzi em Florença, bem como em San Gimignano.

Guardas da Casa de Bórgia usavam quepes vermelhos escuros, luvas pretas com listras vermelhas escuras, armadura cinza de chapa de aço e o brasão dos Borgia. Eles muitas vezes acompanhavam Rodrigo Borgia, e também poderiam ser encontrados em torno de Santa Maria Novella, durante a reunião dos Templários, no distrito de Cannaregio, em Veneza, ou em Florença durante a Fogueira das Vaidades. A eles também lhe foram dadas a missão ​​de guardar os locais que abrigam as páginas do Codex.

Guardas de Girolamo Savonarola usavam quepes cinza claros, luvas pretas e placas de armadura preta ou prata. Em vez de um brasão, eles possuíam um pequeno retrato de Savonarola, com três vigas vermelhas brilhando sobre ele. Eles foram nomeadamente vistos em Florença durante a Fogueira das Vaidades, muitas vezes tentando impedir os guardas Borgia de tentar tirar a Apple of Eden de seu mestre.

Guardas que serviam a cidade de Forlì usavam quepes e mangas verdes escuros, bem como o brasão de armas da referida cidade.

Os guardas que serviam a cidade de Veneza usavam quepes azuis, mangas douradas, com placas de armadura de ouro com o brasão de armas da cidade italiana. A qualidade da sua armadura foi significativamente melhor do que a de seus pares em outras cidades, protegendo-os de muito dano.

Aqueles que serviram o Vaticano usavam quepes brancos, mangas vermelhas e brancas, com elementos amarelos em suas roupas, e o brasão de armas da cidade de Roma. Da mesma forma que os guardas venezianos, sua armadura era mais resistente do que a maioria.

Guardas e soldados da França, leais ao Rei Luís XII, usavam verde azeitona, azul e branco. Eles eram comumente vistos em Roma depois da aliança de Cesare Borgia e o general francês Octavian de Valois.

Naquela época, os soldados franceses estavam estacionados em qualquer campo principal do Acampamento Pretoriano, ou em postos de guarda militares em todo o Distrito de Campagna em Roma. Eles permaneceram na cidade durante toda a sua libertação, lutando muitas vezes com os mercenários do condottiero assassino, Bartolomeo d'Alviano, até o assassinato de Valois em agosto de 1503.

Guardas da cidade de Viana em Espanha usava uma armadura verde-amarelada. Eles nomeadamente participaram do cerco de Viana, defendendo o Castelo de Viana de tropas invasoras navarras do Rei João III, que usavam uniformes vermelhos com detalhes amarelos.

Abaixo os tipos de soldados e guardas da época renascentista:
Soldados

Soldados de AC II

Guarda Regular (Padrão)

Os Guardas de tipo Padrão podem ser encontrados em praticamente todos os locais no chão, mas eles usam uma grande variedade de espadas, clavas e martelos de guerra. Essa tropo foi dividida em três (3) grupos, a Elite, a Milícia e os Lideres. A Guarda Padrão não é ágil, mas podem escalar telhados para perseguir Ezio, mesmo não sendo tão rápidos como ele. Eles também podem reconhecer Ezio sentado em um banco, mas podem ser assassinados antes de tornar isso publico para os demais guardas. ____________________________________________________________________________________________

MilíciaEditar

A Milícia é o tipo de Guarda mais baixo que existe, eles usam armaduras fracas e podem ser derrotados facilmente. Podem fugir em uma luta, saindo correndo do local. Eles também podem coletar as moedas que Ezio atira não chão. Sao mortos facilmente, podem ser agarrados e mortos com contra-ataque de espada e outras armas.

___________________________________________________________________________________________

EliteEditar

A Guarda de Elite é forte, usam uma armadura de nível moderado, e para derrota-los são necessários por volta de 2 a 3 contra ataques. São mais corajosos que a Milícia, mas matando o Líder, eles vão recuar. ____________________________________________________________________________________________

LíderEditar

Os Lideres são os melhores lutadores e mais persistentes de todos os Soldados. Eles usam mais partes de armaduras que a Elite. E duram mais que a mesma durantes os contra ataques de Ezio. Eles são difíceis de serem desarmados, e quase sempre pegam as armas de volta no chão quando podem.

Outros guardasEditar

SekkersEditar

Seeker
O Seekers, ou procuradores, também chamado de "Paranoicos", são um dos novos tipos de guarda especiais. Eles estão constantemente à procura de esconderijos (como o palheiros, bancos e multidões) e caso estiver em um carro de palha por exemplo, ele te acerta (embora Ezio pode assassinar o candidato de seu esconderijo, se isso acontecer). Eles estão armados com armas longas, dando-lhes um alcance maior no combate e também pode realizar "ataques Sweep" que requerem uma liquidação e os resultado é derrubar todos os que estão no caminho. Este ataque afeta todos na faixa da arma longa, incluindo guardas de companheiro. Ele usa armas longas, no qual os ataques não pode ter um contra-ataque com uma pequena lâmina ou espada / adaga, mas pode ser combatida com a Hidden Blade, outra arma longa / Polearm ou uma Heavy Weapon. Eles usam armaduras ligeiramente mais poderosas que a de um líder, mas não tanto como um bruto. Quando desarmado, eles ocasionalmente agarrão Ezio e o segura para os outros guardas poderem mata-lo.Desarmar o
Long weapons ac2
Seeker lhe dará uma vantagem, pois você pode efetivamente usar a sua própria arma contra ele. Eles também têm uma taxa de 80% a moral que torna o combate mais valente segundo após o Bruto.

Enquanto as lanças, ele usa uma lança normal e uma alarbada, onde essa tem mais dano mas menos velocidade.Se em algum momento você perceber que ele vai usa o ataque e vai derrubar você, você tente usar o doge assim você vai quebrar sua lança.

Eles são extremamente inteligentes e não são facilmente enganados. De fato, mesmo depois de ter saído de vista, escondendo ou mistura é desaconselhável, a menos fora da Última posição conhecida, pois tem a capacidade de procurar esconderijos. Tenha em mente, contudo, que as suas competências de execução livre são muito limitadas, e eles não serão capazes de segui-lo em telhados, fazendo telhados um esconderijo depois de ter quebrado sua linha de visão. Alternativamente, você pode simplesmente fugir dele como um excelente método de fuga.

____________________________________________________________________________________________

BrutosEditar

Z da19fec4

Guarda bruto de Assassin's Creed Brotherhood, a difença está em sua armadura apenas.

O Brutos ou Paladino de Elite estão fortemente armados e equipados (empunhando armas de duas mãos, tais como espadas e machados pesados). Sua armadura cobre quase todas as partes de seus corpos, tornando-os difíceis de derrubar, mas também tornando-os pesados e lentos.Não possuem muita inteligência, e são lentos. Ao os ser atacado por uma Hideen Blade, que não terá prejuízos (ao contrário de outros guardas comuns). Uma boa maneira de combate-lo é desarme e contra-ataque, pois são fáceis de desarmar. Brutos têm dois tipos de ataque: um rápido e um carregado. O último ataque não pode ser anulado, deve ser evitado, enquanto o primeiro pode ser anulado.  Além disso, os Brutos são os único inimigos que não fugirão de uma batalha, só fogem se desarmados, ou caso não encontre outra arma.Se não quiser brigar,comece matando os brutos.Durante um combate caso o Player esteja usando uma lança, e seja atacado com golpe carregado ela se quebrará.


___________________________________________________________________________________________

AgeisEditar

Assassins-creed-ii-20090923115318740
Um dos arquétipos da nova guarda introduzidos em Assassin's Creed II é o Agil, que, como o nome sugere, é um muito rápido. Estes guardas são mais frágeis do Milícia de alta qualificação Normas, tornando-as muito fraco para um ataque ou combo. Eles correm mais rápido do que Ezio e também têm a capacidade Free Run, que pode conduzir a perseguição de seqüências. Eles empunharam armas pequenas, como punhais e outras lâminas curtas. Ageis são extremamente bons em evitar os seus ataques, assim, a melhor maneira de matar um Agile é por cansar-lo ou assassiná-los antes que eles tenham a chance de revelar a sua arma. Isso pode ser feito constantemente atacando e esquivando-se de seus movimentos, contudo, simplesmente respondendo a um ataque executado por um deles você os mata na hora, assim como com a milícia. Agiles têm uma taxa de 40% a moral que lhes faz a covardia, o terceiro depois de o guarda da milícia e do arqueiro.


__________________________________________________________________________________________

ArqueirosEditar

Assassins-creed-ii-20090923115315350
Os arqueiros são guardas que patrulham e defendem os telhados. Eles estão armados com arcos e espadas (às vezes maças ou martelos de guerra, em vez de espadas), a avistar Ezio você deve sair da vista dele(s), não importa a notoriedade. Aproximando-se deles irá forçá-los a tirar sua arma e começar uma luta. Arqueiros são aparentemente apenas Milícia classificado Normas, com a capacidade de atacar à distância, com os seus arcos longos. No entanto, os arqueiros do Vaticano é líder no ranking de Normas. Enquanto Arqueiros florentina e toscana podem ser mortos com um único Throwing Knife, arqueiros em outras cidades e regiões (como Veneza e Romagna) terá duas facas jogando para ser retirado. Uma vez que eles são quase sempre sobre os telhados dos edifícios, Arqueiros são bastante fáceis de expedição em combate corpo a corpo, pois eles têm a habilidade e rusticidade de uma milícia no ranking padrão, tornando-os fáceis de matar. Outra boa maneira de despachá-los é simplesmente jogá-los fora do telhado, que vai matar instantaneamente o arqueiro se caírem mais de duas histórias, ou se eles pousam na água. Os arqueiros também têm uma taxa de 30% a moral que o torna um pouco mais corajoso do que a média guarda.

Assassin's Creed BrotherhoodEditar

BesteirosEditar

Y f13d0990
Da mesma forma que os arqueiros, Besteiros de patrulha e defendem os telhados, mas são mais mortais sendo capaz de bater em Ezio e causar mais dano e o tiro vai acertar Ezio em um ritmo mais rápido que flechas disparadas de um arco longo.

Cavaleiros patrulham as ruas de Roma e é mortal tanto em curto e longo alcance a ser capazes de reduzir Ezio, enquanto em um cavalo e tentar acertar Ezio com as setas em sua Besta.


'___________________________________________________________________________________________

ArquebusiersEditar

Y a54e7b2e
Os arquebusiers foram um dos primeiros guardas armados com armas de fogo (uma novidade na época do Renascimento).

Em 1499, arcabuzeiros blindados sob o comando de César Bórgia, filho de Rodrigo Borgia, participaram do assalto a Monteriggioni, um arcabuzeiro conseguiu ferir Ezio Auditore da Firenze o ombro durante o último dos estágios do ataque. Em 1503 , o arcabuzeiro continuou a servir sob Cesare, e guardavam durante um desfile papal em Roma. Pelo menos um arcabuzeiro avistou uma aproximação Ezio Auditore, mas foi morto por um outro assassino antes de disparar um tiro(isso no trailer de Assassin's Creed Brotherhood).


____________________________________________________________________________________________

Guardas PapaisEditar

Y 1b5d9d53
Os Guardas do Papa eram soldados de elite comandados pelo Papado para servir e proteger durante sua gestão. Até 1503, eles eram comandados por Rodrigo Borgia e pelo seu filho Cesare Borgia. Durante esse ano, vários guardas foram obrigados a enfrentar várias Assassinos, incluindo Ezio Auditore da Firenze, que tinha atacado o desfile papal em Roma, embora as intenções do ataque eram roubar a Maça do Eden. O único objectivo da Guarda do Papa é matar Ezio para proteger o Papa.

Eles carregam o melhor de todas as habilidades na posse arquétipos outro guarda, e pode facilmente desviar e contra muitos dos ataques do Ezio. Eles podem empunhar armas de mecha em uma mão, com uma espada na outra, fazendo os adversários mortais em ambos os e de longo alcance curto.

Eles são menos hábeis que Ezio, mas mais fortes fisicamente.

Eles possuem como arma uma Schiavona e uma pistola ( com a potência de uma shotgun ).

Especula-se que na realidade fossem agentes templários, pois lutam de igual para igual com os Assassinos.

Século 16Editar

Em Assassin's Creed: Revelations os guardas estão divididos em duas facções diferentes : os Otomanos e os Bizantinos, onde cada grupo tem suas armas e tipo de combate específico. Os dois, por motivos históricos, são inimigos uns dos outros,e se estiverem proximos eles começam a lutar entre si. No mapa os bizantinos são representados por um ponto vermelho,e os otomanos por um ponto amarelo.

Apesar de Constantinopla ser detida e controlada pela primeira, guardas da última constantemente lutavam pelo controle. A região da Capadócia, particularmente Derinkuyu, permaneceu em mãos bizantinas.

Guardas otomanos usavam uniformes verdes com detalhes em vermelho, embora os janízaros usavam vestes mais coloridas, sendo leais ao sultão Bayezid II e mais tarde ao Sultão Selim I, enquanto os bizantinos usavam pequenas capas cinzentas, e uniformes vermelhos e castanhos escuros, e distintamente usavam o brasão da águia preta da Dinastia Paleólogo do Império Bizantino, mostrando sua lealdade para com Manuel Paleólogo. O Varangians e Almogávares também usava couraças lamelares que pareciam ser feitas de ouro, ou algum metal dourado semelhante, com uma cruz gravada em cada lamela de suas couraças.

BizantinosEditar

Todos os guardas Bizantinos são templários leais a Manuel Paleológo, que planeja restaurar o Império Bizantino. As vezes no jogo eles são referidos como Templários Bizantinos.O nivel de notoriedade é medido pelo Templar Awareness,quanto mais alto for o nivel mais guardas templários aparecem,porem mesmo se o nivel for zero se você cruzar com um deles é automaticamente detectado. O idioma mais falado por eles é o grego. As armaduras dos Bizantinos lembra uma versão renascentista (e portanto moderna para a época) das armaduras dos antigos legionários romanos, o que faz sentido já que os Bizantinos se consideravam herdeiros do Império Romano e foram pouco influenciados pelas culturas de outros povos europeus após a queda de Roma. Os Imperadores Bizantinos levavam isso tão a sério que chegaram a invadir a Itália diversas vezes durante a Idade Média para poderem reunificar (no ponto de vistas deles, é claro) o Império Romano.

Bizantinos Editar

Editar

MiliciaB


Milícia
Os guardas templários bizantinos se constitui principalmente por esse tipo de guarda,eles carregam uma grande variedade de armas, incluindo espadas, clavas e machados.Suas vestes podem ser um pouco diferenciadas dependendo de sua posição, como por exemplo armadura mais robusta capas e capacetes diferentes.É um tipo de guarda mais simples,fáceis de matar,o diferencial desses guardas esta na sua velocidade, conseguindo te alcançar facilmente e atacá-lo enquanto você tenta fugir,e também conseguem se esquivar facilmente de golpes.








Editar

Editar

AlmogavarB

Almogavars

O Almogavars são guardas "Brutos". Eles lutam com armas pesadas,e usam armaduras espessas,apesar de serem bastante lentos em comparação com outros inimigos são extremamente fortes,seus golpes podem quebrar sua armadura com facilidade.Eles são resistentes não sendo possível agarrá-los,porém podem ser derrotados com uma combinação de esquiva+ataque ou com uma bomba de veneno.








Editar

Editar

VarangianB


Varangians
O Varangians são equivalente aos Seekers na Itália,eles usam um lança como arma principal,eles também tem pistolas porem só as usam quando estão desarmados.Esse guarda consegue bloquear os seus ataques com facilidade, não podendo ser agarrados,a melhor maneira para se matar esse tipo de guarda é usando o desarme e em seguida executa-lo com a própria arma.










Editar

Editar

Otomanos Editar

GuardaO


Otomanos
Editar

Ao contrario dos Bizantinos, esses guardas quase não ligam para a presença de Ezio na cidade, isso porque o Império Otomano é aliado da Ordem dos Assassinos desde o século 13, já que os Assassinos possuem origem muçulmana e ajudaram os Sultões Otomanos a derrotarem os últimos Imperadores Bizantinos na tomada de Constatinopla. O idioma mais falado por eles é o turco. Mesmo com o nivel de Notoriedade em 100% eles não te detectam mesmo passando em sua frente.A unica maneira de ser detectado é se você for pego em cima de um telhado,plantando ou jogando uma bomba,em áreas restritas,ou ainda,se provocar (esbarrar,empurrar,pular pelas costas) algum deles. A partir da sequencia de memoria 8 após Ahmet assumir o controle dos Templários Bizantinos, os guardas otomanos passam a caçar ativamente o Ezio.


Editar

AgilesEditar

Os ágeis otomanos andam em grupos de 4, misturando-se com a elite otomana, os janízaros, e raramente os Atiradores. Usam uma Jambia Curva como arma primária, e facas de arremesso como arma secundária.Como espólio pode se adquirir: Akçes, facas de arremesso, Sais de Cheiro (Medicine) e Veneno.A melhor forma de se derrotar esta classe é com contra-ataque ou desarmando-o e matando ele com sua própria arma.


Bombmen
Estes soldados otomanos habitam os telhados de Constantinopla junto com os atiradores.Os bombardeios usam de bombas trovão a combate de longa distância arremessando nos "intrusos" e em combate corpo-a-corpo usam Adagas otomanas (mas raramente executam um golpe com estas, tendo têndencia de se afastar e lançar bombas trovões).Como espólio pode se adquirir Akçes, facas de arremesso, Sais de Cheiro, Veneno e as vezes bombas trovões. ===

(Alguns guardas bizantinos tambem usam a bomba trovão.)
Bombmen Concept Image

Editar


Editar

Atiradores Editar


Os atiradores habitam nos telhados das residências de Constantinopla, garantindo que intrusos fiquem no chão. Estes são grande problema para os assassinos em certos casos, por saberem escalar e atirarem a longas distância causando danos consideravéis. Esta categoria utiliza rifles como arma primária. Não contém armas secundárias. Como espólio pode se adquirir Akçes, facas de arremesso e balas para Hidden Gun de Ezio, Sais de Cheiro, Medicina e Veneno.






Editar







JanízarosEditar

170px-Ottoman Janissary



Soldados de elite e os guardas do sultão, Janízaros otomanos eram soldados altamente treinados. No início do século 16, os Janízaros otomanos usavam máscaras de ouro que cobre toda a sua face. Seu uniforme consistia de vestes coloridas, com muitos padrões bordados sobre eles. Os Janízaros também usavam chapéus sobre suas máscaras. Após a captura de Constantinopla pelos otomanos, estes implantaram uma leia chamada "Imposto de Sangue" onde recolhia alguns garotos cristãos-bizantinos para treiná-los e fazerem do mesmo Janízaros do Sultão otomano.

Caribe do Século 18 Editar

Durante o início do século 18 no Caribe, havia facções diferentes de soldados. A primeira era a dos soldados do Império Britânico, leais ao rei George I, que usavam os casacos vermelhos facilmente reconhecíveis compartilhados tanto pelo Exército e quanto pela Marinha da mesma forma, embora houvesse vários estilos diferentes de casacos. Regulares usavam casacos de comprimento padrão, guardas ágeis usavam casacos mais curtos, e granadeiros usavam variantes longas, mais pesadas. Os comandantes dos navios da Marinha usavam casacos azuís escuros com guarnições e mantos vermelhos, e chapéus bicorne que denotavam seu posto.

A segunda facção era a dos soldados do Império Espanhol, vestindo roupas amarelas com uma guarnição vermelha, exibindo lealdade ao rei Filipe V de Espanha. Suas roupas eram semelhantes em parte aos da Marinha britânica, no entanto, capitães espanhóis usavam longos casacos em conjunto com um sobretudo que cobria a parte superior do tórax e ombros, e usava chapéus diferentes que os dos capitães britânicos.

Os marinheiros da Marinha Portuguesa se vestiam de forma semelhante aos seus homólogos espanhóis, embora com tons principalmente azuis e guarnições laranja escuras em seus casacos, exibindo lealdade ao rei João V de Portugal.

Os soldados franceses, estacionados principalmente em Saint-Domingue (futuro Haiti), usavam principalmente casacos brancos com contornos azuis que indicam a lealdade ao rei Luís XV. Os vigias de escravos conivente com eles, muitas vezes usavam roupas marrom ou bege.

Outra facção trabalhando de forma destacada no Caribe era composta por caçadores de piratas. Estes soldados auto-sustentáveis ​​usavam roupa baseada fortemente em marrom, e perseguiam os piratas que eram notório o suficiente. Navios de caçadores de piratas poderia ser facilmente identificado por suas velas vermelhas distintas e cascos vermelhos e pretos.

Regulares Editar

Regulares são os soldados básicos vistos no Caribe. Eles usam diferentes cores, a cor da casacos mostrando sua fidelidade. Os casacos vermelho são utilizados por soldados britânicos, casacos amarelos são usadas pelos soldados espanhóis, as roupas brancas são usadas por soldados franceses e o casaco azul é usado pelos soldados portugueses. Caçadores de piratas e contrabandistas também caem na mesma categoria, mas eles vestem camisas marrons, em vez de casacos. Eles são equipados com uma espada de base e uma pistola. Eles principalmente envolvem seu inimigo com suas espadas, mas vão usar as suas pistolas, se o alvo está fora do alcance, como último caso. Eles são vistos em muitos lugares diferentes do Caribe, mas na maior parte em cidades, cavernas de contrabandistas e os navios a bordo. Eles têm elevados padrões de disciplina e nunca vão fugir de batalha.

Franco-Atiradores

Franco-Atiradores foram pistoleiros especialmente treinados durante a Época Dourada da Pirataria, que estavam armados com espingardas e guardarvam os telhados. Snipers também poderia atirar em intrusos com baionetas ou com os mosquetes. Eles muitas vezes vigiavam plantações de açúcar, e iria disparar contra intrusos ou correr para um sinal de alarme para chamar reforços.

Agéis

Similar aos Agéis do Renascimento, esses guardas lutavam com facas curtas, e eram capazes de perseguir Assassinos, tanto no solo e em telhados, e iria atacar seu alvo por cima e captura-los. Como a maioria dos tipos de guarda, eles eram vulneráveis ​​a um ataque de desarme, mas eles iriam recuperar rapidamente as suas armas se tal ataque ocorresse. No entanto, é possível desarmá-los e rapidamente jogar a faca para eles, matando-os.

Em navios de guerra maiores, como fragatas e caravelas, dois Agéis ocasionalmente atuam como oficiais, e são necessárias matar a fim de embarcar no navio.

Brutos

Muitas vezes vistos guardando áreas restritas, brutos eram grandes homens, que empunhavam machados e eram capazes de bloquear a maioria dos ataques. No entanto, eles eram vulneráveis ​​a um ataque que iria quebrar a sua defesa e deixá-los abertos a um golpe mortal.

Em navios de guerra menores, como canhoneiras e escunas, brutos poderiam ser vistos a governar a embarcação, e são os lutadores mais qualificados a bordo.

Capitães

Embora vistos ocasionalmente em terra, os capitães são mais freqüentemente encontrados em navios, comandando brigues, fragatas, e caravelas. Equipado com uma espada e uma pistola, capitães usam as duas armas em combate, e podem bloquear a maioria dos ataques com facilidade. No entanto, conter com êxito um ataque de um capitão iria deixá-los abertos por uma seqüência de golpes prejudiciais.


Atiradores de Elite

Encontrados patrulhando e vigiando telhados e calçadas, atiradores de elite usam mosquetes de longo alcance capazes de atingir o seu alvo a uma distância considerável; no entanto, a sua taxa de disparo era moderadamente lento, e necessário um tempo para recarregar a arma. Quando diretamente confrontado por um inimigo, os homens armados tendem a fazer um backup e criar espaço suficiente entre si e seu alvo para mirar e atirar-los corretamente. Em curta distância, os atiradores não eram mais hábeis do que os guardas normais, e poderia facilmente ser despachado com um contra-ataque.

Era do Iluminismo Editar

Durante a Guerra dos Sete Anos, guardas estavam alinhados ou com o Exército Britânico, indicados por seus uniformes vermelhos, mostrando lealdade ao rei George II, ou com o Exército Francês, que eram indicados por seus uniformes brancos, mostrando lealdade para com o rei Luís XV. Gangues afiliadas aos Assassinos eram indicados por seus trajes alaranjados.

Durante a Guerra Revolucionária Americana, os guardas estavam alinhados com o Exército Britânico ou o Exército Continental, ou trabalhavam como mercenários. Armas de fogo também haviam se tornado o sustentáculo da maioria dos exércitos ocidentais. Todos os soldados estavam armados com espingardas ou pistolas de pederneira.

Regulares e milicianos britânicos eram facilmente identificados por seus uniformes vermelhos brilhantes, denotando lealdade ao rei George III. O exército britânico também empregava mercenários da Alemanha, como os Jäger. Soldados alemães poderiam ser distinguidos de seus colegas britânicos por seus uniformes verdes com detalhes em vermelho. Patriotas, soldados leais ao líder revolucionário George Washington, usavam uniformes azuis em sua maioria, com exceção dos Granadeiros Continental, que usava um kilt cor cáqui.

Na França, os guardas serviam ao governo, primeiramente e nominalmente leais ao rei Luís XVI e, em seguida, leais a Primeira República Francesa, primeiro ao Presidente da Junta de Salvação Pública Georges Danton (por um curto período de tempo) e, em seguida, ao seu sucessor Maximilien Robespierre, ou agiam em nome de extremistas políticos para causar problemas. Na época da Revolução Francesa, os guardas oficiais usavam uniformes azuis, vermelhos e também brancos e usavam chapéus bicorne (os soldados que usavam uniforme branco eram conhecidos como Troupes de la Marine e serviam nas colónias francesas na América, nesse caso eram soldados que haviam recentemente retornado a França). Seus aliados, a Guarda Suíça, muitas vezes se vestiam de forma semelhante, mas eram facilmente distinguíveis por sua armadura ornamentada e capacetes. Os extremistas usavam uma variedade de roupas civis, mas sempre tinha elementos vermelhos presente.

Se os guardas vissem alguém ser atacado ou morto, eles atacariam os responsáveis, incluindo os Assassinos em determinados eventos de multidão. Na ocasião, eles iriam atacar um grupo próximo de extremistas se algo suspeito ocorresse em sua vizinhança sem Arno ser visível.

Estes últimos iriam lutar como vigilantes depois de trocar insultos, e podem lutar contra os guardas oficiais se as suspeitas fossem levantadas e Arno não estava à vista. Na ocasião, eles também suspeitariam de Arno e o atacarão se permanecerem em sua opinião.

Guerra dos Sete Anos Editar

Regulares Editar

São guardas regulares. Eles têm muito pouca armadura, mas, muitas vezes, percorrem em grupos de patrulha. Eles podem ser instantaneamente mortos por um contra-ataque.

Franco Atiradores Editar

Também chamados de snipers, são guardas armados com rifles regulares. Eles muitas vezes aparecem em telhados ou em torres de guarda e atiraram em você uma vez que Shay é detectado. É possível identificar quando eles estão prestes a atirar em você pelo ícone acima de sua cabeça - que enche-se, eles estão apontando e quando está cheio, eles vão atirar. Eles podem ser atacados por baixo, da mesma forma como um guarda regular, mas você precisa chegar a eles em primeiro lugar!

Ágeis Editar

Aparecem como guardas regulares, muitas vezes usam perucas, estão armados com um par de facas rápidas e adotam uma postura mais agressiva. Eles podem ser combatidos e mortos da mesma forma que um guarda regular pode, mas seus ataques são geralmente mais difíceis de combater à medida que ocorrem em rápida sucessão.

Capitães Editar

Capitães vestem chapéus tricornes emplumados e muitas vezes são bastante hábeis em esgrima e desviam suas tentativas de combater a atacá-los. Eles normalmente são imunes a ataques mortais, quebras de guarda e contra-ataques corpo a corpo. Como este é o caso, contrariando e desarmá-los é muitas vezes eficaz, mas atirando-os de longe ou esconder-se e assassiná-los pode poupar muita dor de cabeça!

Brutos Editar

Esses companheiros são os grandes inimigos empunhando machados. Eles levam um pouco de dano para derrubar e são imunes a ataques em cadeia e contra-ataques. Em vez disso, você precisará usar o ataque de quebra de guarda, a fim de colocá-los fora de equilíbrio antes de seguir com ataques regulares para acabar com eles.

Perseguidores Editar

São uma nova adição em Assassins Creed Rogue e eles são essencialmente Assassinos. Eles, muitas vezes, estão à espreita, sentando-se em zonas de perseguição ou se escondendo em determinadas áreas e vão lançar ataques surpresa se você chegar muito perto deles. Felizmente, o jogo permite que você saiba quando estão nas proximidades, você vai ouvir um ruído sussurrando - usando a visão de águia neste momento permitirá que você identifique sua localização. Contra ataques mortais é o caminho a percorrer, no entanto, se você pode detectá-los antes que eles ataquem, você pode usar à sua disposição todos os meios para lidar com eles.

Curiosamente, a maioria dos perseguidores que Shay encontra em Nova York são mulheres, no Vale do Rio, eles são nativos americanos e no Atlântico Norte, homens que usam um uniforme semelhante ao dos capitães espanhóis durante a época dourada da pirataria.

Líderes de gangues Editar

Líderes de gangues eram líderes de gangues que foram treinados pelos assassinos. Similar aos perseguidores, líderes de gangues pode se esconder em esconderijos e até mesmo assassinar Shay se notá-lo. Eles também são capazes de usar bombas de fumaça para tentar atordoar Shay quando eles fogem.

Revolução Americana Editar

Regulares Editar

Os guardas básicos dentro dos exércitos Britânico e Continental eram soldados alistados que usavam regularmente uniformes de batalha. Eles foram equipados com mosquetes que seguravam baionetas caladas e recebiam treinamento na formação de linhas de tiro.

Regulares britânicos usava uma túnica vermelha brilhante com detalhes brancos e um chapéu tricorne preto, e alguns começaram a usar lenços em torno de seus rostos. Eles tinham a capacidade de formar uma linha de tiro rápida e eficiente e não fugiam de batalha devido a normas severas de disciplina do Exército.

O Exército Continental usava um uniforme azul com detalhes vermelhos por baixo de cada lapela e um chapéu tricorne preto. Apesar de terem sido igualmente bem-treinados, eles não têm a mesma disciplina que os seus homólogos britânicos. Eles fogem após uma quantidade suficiente de seus camaradas caem ou quando seu líder foi morto.

Milícia Editar

Milícia de ambos os exércitos Britânico e Continental podem ser encontrados como guardas nos telhados das casas ou fortalezas no interior, onde estavam sendo treinados. Milícia legalista usavam roupas semelhantes às dos regulares britânicos, mas usavam chapéu de explorador em vez de um tricorne, bem como uma mochila. A bordo de navios estavam vestidos como Royal Marines.

Milícia patriota usava uma camisa branca e um colete azul, em conjunto com o chapéu de explorador. Soldados da milícia não foram bem-treinados como regulares, como eles só poderiam atacar uma vez enquanto regulares três vezes, no entanto, apesar disso, eles assumiam papéis quase idênticos.

Granadeiros Editar

Os granadeiros eram unidades especializadas nos exércitos Britânico e Continental durante a Guerra Revolucionária Americana. Eram mais ou menos comparáveis aos Brutos italianos e Almogávares bizantinos, sendo mais lentos do que outros soldados, e lutando com armas pesadas e mosquetes.

Os granadeiros eram reconhecidos por suas chapéus de esquadria, que foram projetados para não obstruir o lançamento de granadas. Enquanto Granadeiros do Exército Britânico usavam kilts verde (revelando serem soldados escoceses), uniforme vermelho e luvas de sapadores, os Granadeiros Continentais usavam uniforme cáqui com botas pretas.

Oficiais Editar

Oficiais em ambos os exércitos lideravam grupos de outros guardas em patrulhas e eram equipados com uma espada e uma pistola. Enquanto empunhando sua espada, paravam todos os ataques regulares de Connor, forçando-o a quebrar a sua defesa ou desarmá-los em primeiro lugar. Eles também poderiam contrariar o contra ataque de Connor mesmo desarmado, mas eram suscetíveis a granadas, atordoo, desarme e arma secundária.

Se um cavalo estiver nas proximidades, Oficiais iriam montá-los e tentar atacar Connor a cavalo, quer por atropelamento ou disparando sua pistola. Oficiais podiam ver através de disfarces e iriam procurar esconderijos. Quando patrulhando sozinhos, eles seriam acompanhados por cães de guarda, que dariam a localização de Connor se chegassem perto o suficiente.

Batedor Editar

Iguais aos Ágeis que serviram ao longo do Renascimento, Batedores eram adversários velozes capazes de fparkour que empunhavam lâminas curtas e mosquetes. Eles iriam perseguir quaisquer atacantes que fugiram da batalha, e não poderiam ser desarmados ou ter quebrado sua defesa.

Eles foram, no entanto, suscetível a todas as outras formas de contra-ataques. Em combate, eles tentariam virar costas de Connor e atacá-lo por trás, semelhante ao "gancho e correr" manobra usada pelos assassinos turcos.

Delatores Editar

Delatores geralmente eram vistos em grandes patrulhas transportando tambores militares. Eles nunca lutam com o invasor, escolhendo em vez fugir do local e trazer reforços. Se eles não podiam fugir, eles brandiam um punhal.

Os bateristas britânicos eram geralmente vistoa vestindo chapéus de pele de urso cerimoniais e casacos vermelhos, enquanto que o equivalente do Exército Continental foram vistos vestindo casacos amarelos e artefatos de uso semelhante ao dos bateristas britânicos.

Jägers Editar

Jägers, também coloquialmente referidos como Hessians, eram um destacamento de soldados alemães que foram contratados pelos britânicos para lutar na Guerra Revolucionária Americana. No entanto, eles operavam independentemente da maioria dos protocolos britânicos.

Jägers especializavam em combate na floresta profunda e zonas devastadas, táticas de reconhecimento, bem como a guerra não convencional. Como tal, eles foram considerados como uma unidade de elite, usados para examinar uma área à frente de um corpo de tropas ou a liderar o caminho na linha de frente.

Soldados de elite em seu tempo os Jägers ganharam uma reputação feroz como guerreiros temíveis e tropas disciplinadas confiáveis, e eles foram muito respeitados no seio das fileiras do exército britânico. Esses soldados de elite patrulhavam em busca de Connor, empunhavam uma espada e pistola, e poderiam lutar a cavalo, como Oficiais.

Jägers eram mais espertos e muito mais agressivos do que simples Regulares britânicos, e iriam empregar táticas e habilidades de detecção avançada. Acompanhando isto, Jägers eram altamente ágeis e podiam perseguir Connor através de telhados.

Jägers eram raramente vistos dentro das cidades. No entanto, devido ao seu status de elite e habilidades de rastreamento muito afiadas, eles foram chamados para áreas povoadas quando Connor se tornava um perigo persistente para as tropas britânicas e patriotas.

Em combate, eram imunes a muitos ataques, ocasionalmente, jogavam granadas, semelhantes aos Granadeiros. Enquanto em busca, eles poderiam facilmente pegar Connor, sendo um dos únicos a fazê-lo além dos batedores.

Havia dois tipos de Jäger localizados na América Colonial durante a Guerra Revolucionária Americana; Jägers legalistas foram encontrados dentro do exército britânico e Jägers patriotas foram encontrados dentro do Exército Continental.

Jägers legalistas, encontrados dentro do Exército Britânico, usavam um casaco verde-azeitona com guarnição vermelha, botas pretas e um chapéu de três pontas com uma pena vermelha. Jägers patriotas, encontrados dentro do Exército Continental, usavam um casaco verde com guarnição dourada, botas pretas e um capacete de metal com uma crina preta, esses Jagers são desertores que se uniram aos Patriotas ao longo da guerra.

Especula-se que na realidade fossem agentes templários, pois conseguem lutar de igual para igual com os Assassinos, além de liderar tropas dos outros tipos de soldados além de se necessários matá-los para conquistar fortes templários.

Revolução Francesa Editar

Milícia Editar

A milícia compõe a maior parte das forças extremistas. Eles estavam vestidos em trajes vermelho e preto listrado simples com chapéus tricornes emplumados. Eles carregavam espadas e pistolas, mas não eram especialmente proficientes em seu uso. Eles atacavam de forma relativamente lenta e raramente executavam combos. Versões de nível superior foram capazes de bloquear ataques, mas iria cansar e se tornam vulneráveis após o bloqueio de 1 ou 2 ataques.

Aplicadores (da lei) Editar

O inimigo mais comum além da milícia foram os Executores. A versão extremista vestia um traje semelhante ao da Milícia com a adição de casacos longos de couro, enquanto a versão Guarda da Cidade usavam casacos azuis e bicornes brancos. Eles se comportavam e estavam equipados de forma semelhante aos guardas da milícia, mas melhores em todos os aspectos.

Franco Atiradores Editar

Também chamados de Snipers, foram usados principalmente durante a Revolução Francesa para a guarda de locais importantes, como o Templo ou o Palais du Luxembourg. Eles carregavam fuzis, que eram razoavelmente eficazes e um tiro poderia ser desembarcado em um alvo. Eles também poderiam enxergar Arno de muito mais longe do que outros guardas. No entanto, eles eram menos duráveis do que outros guardas e não eram muito capazes no corpo a corpo.

Snipers extremistas estavam vestidos com roupas cinza escura com um pequeno chapéu, enquanto atiradores da Guarda da Cidade tinha roupas semelhantes ao dos guardas regulares da cidade, com a adição de bandoleiras brancas sobre seus casacos e, ocasionalmente, mochilas.

Portadores de Alabardas Editar

Similar no combate aos Seekers da Renascença, os Portadores de Alabardas usavam alabardas mortais e pistolas, e eram capazes de bloquear ataques. Eles poderiam utilizar um ataque de baixo para derrubar um adversário, embora isto poderia ser evitado. Eles também eram imunes às rupturas de defesa, empurrando automaticamente qualquer tentativa de fazê-lo. Eles usavam grandes chapéus Tricorne e casacos longos.

Portadores de Machado Editar

Portadores de Machado eram semelhantes aos Brutos do Renascimento. Eles usavam roupas vermelha e preta listrada combinado com um traje amarelo e usavam barretes frígio vermelho. Eles carregavam grandes machados, que poderiam usar para um ataque pesado, e seus ataques regulares não pode ser defendido perfeitamente. No entanto, eles não poderiam bloquear ou atacar em tudo, e seus ataques podem ser facilmente evitado.

Esgrimistas Elite / Guardas Suíços Editar

Estes combatentes de elite tendiam a servir como líderes de esquadrão e estavam armados com espadas de uma mão, pistolas e bombas de efeito moral. Os Esgrimistas de Elite Extremista usavam casacos negros de mangas compridas com babados e plumas vermelhas. Os Guardas Suíços usavam roupas semelhantes a outros Guardas da Cidade com a adição de couraças e capacetes de metal com cristas de crina de cavalo branco.

Os Guardas Suíços eram regimentos de mercenários suíços contratados para proteger o soberano francês e os seus locais de residência. Esses regimentos suíços foram muito procurados na Europa pois os cantões suíços possuíam a fama de produzir bons, obedientes e ferozes soldados. Até o final do século 15, a Guarda da Centena Suiça ("Cent Suisses") foi criada e regularmente estacionada em Paris. Em meados do século 18, a protecção da Champs-Élysées foi confiada a um destacamento de uma dezena de soldados encarregados de manter a ordem e prender os infratores da lei. Durante a Revolução, os membros da Guarda Suíça protegeriam Luís XVI no Château des Tuileries, mas foram surpreendidos e massacrados em 10 de agosto de 1792, uma vez que o soberano e sua família se refugiaram na Salle du Manège, onde a Convenção Nacional foi realizada, e onde o monarca, mais tarde, foi julgado. Alguns continuaram a trabalhar para o governo francês depois da morte de Luís XVI, com uma exigência bem simples: serem pagos (são mercenários).

Ambos Esgrimistas de Elite e Guardas Suiços são capazes de rapidamente executarem combos de espada, e a janela para parar perfeitamente seus golpes era pequena. Eles iriam bloquear todos os ataques regulares dirigidos a eles e poderiam desviar ocasionalmente, causando danos ao seu atacante. Além disso, eles poderiam facilmente desarmar ou desviar de tiros, e eram bastante capazes no uso de suas próprias pistolas. Eles também poderiam cair para trás e lançar bombas de efeito moral se Arno for bloqueado em combate com outros guardas, o que detonam após um atraso e interrompem a visão de Arno se ele estiver no raio de explosão. No entanto, eles se tornam vulneráveis ​​se eles estiverem cansados ​​por repetidos golpes ou a sua defesa for quebrada, e eles não podem bloquear ou esquivar de ataques pesados.

Existe a possibilidade destes guardas serem na realidade agentes templários. Ambos são mestres espadachins e lutam de igual para igual com os Assassinos, podendo ser templários infiltrados entre as forças do governo e os extremistas.

Revolução Industrial Editar

Londres vitoriana Editar

A Londres vitoriana não possuía tanto guardas, pois estes ou são membros de gangues ou agentes de aplicação da lei. Diferentes tipos de guardas operaram em diferentes bairros de Londres, tais como Whitechapel, Lambeth, etc. Os tipos de guarda de baixa patente geralmente meros membros das gangues de rua de Londres, enquanto os mais elevados tipos de guarda eram geralmente filiados ao serviço militar, sendo leais à Rainha Victoria.

Bandidos Blighters Editar

O mais lentos e menos perigosos de todos os tipos de guarda, os membros da gangue de rua Blighters usavam casacos vermelhos escuros e chapéus-coco preto. Eles geralmente combatiam indivíduos com pequenas facas. Eles podiam ser encontrados em cada bairro londrino.

Mulheres Blighters Editar

Mulheres Blighters eram as membros Blighters do sexo feminino que eram equipadas com pequenas lâminas. Elas eram um pouco mais agéis e mais fortes do que os Bandidos Blighters.

Atiradores Blighters Editar

Atiradores Blighters eram geralmente ocupavam topos de edifícios ou em varandas. Carregavam rifles e eram geralmente mulheres.

Brutos Blighters Editar

Brutos Blighters eram muito mais rápidos e mais fortes do que Bandidos Blighters, e poderiam se recuperar rapidamente de ataques se eles estivessem em níveis elevados. Eles usavam calças vermelhas com suspensórios pretos sobre simples camisas brancas. Eles eram geralmente são carecas.

Oficial da Scotland Yard Editar

Esses policiais usavam o uniforme azul comum e chapéu de policiais da Scotland Yard. Se eles ouvissem ou manchado violência ou conflito nas ruas de Londres, eles apitam para alertar os oficiais nas proximidades. Em combate, usavam cassetetes e ocasionalmente usavam suas pistolas para disparar contra inimigos.

Chefe de Polícia da Scotland Yard Editar

Chefes de Polícia muitas vezes usam o mesmo traje que os Oficiais da Scotland Yard, apenas com uma pequena capa azul. Eles eram muito mais resistentes do que os oficiais em combate.

Oficial da Scotland Yard Disfarçado Editar

Estes guardas se comportam em combate assim como oficiais regulares da Scotland Yard, só que eles usavam roupas cinza e boinas, a fim de misturar-se com os cidadãos de Londres.

Oficial Templário Editar

Oficiais Templários podem ser encontrados tanto nas ruas como nos topos dos edifícios. Eles geralmente usavam ternos pretos e cartolas, e usavam braçadeiras brancas ostentando a cruz templária. Eles usam bengalas-espadas em combate e são extremamente perigosos em níveis elevados. Especula-se que os Guardas Papais, Jagers, Guardas Suiços e Esgrimistas de Elite dos séculos passados também fossem Oficiais Templários, mas o nível de luta dos Oficiais Templários da Londres Vitoriana é menor.

Guardas Reais Editar

Guardas Reais são os guardas de elite da Monarquia Britânica na Era Vitoriana. Sendo membros do exército britânico são leais à Rainha Victoria. Eles podem ser encontrados apenas em Westminster, onde ficam de guarda nos edifícios administrativos do governo. Eles carregam espingardas, pistolas e cassetetes. Eles são originalmente treinados para a guerra, e alguns deles podem ser possivelmente veteranos de guerras envolvendo a Grã-Bretanha, por causa disso somente indivíduos de mais alto nível possuem uma chance contra esses guardas, que fazem danos devastadores com seus ataques, e podem recuperar-se incrivelmente rápido. O seu nível de luta é maior que o dos Oficiais Templários. Eles usavam uniformes militares britânicos vermelhas e cocares granadeiro negros.

Primeira Guerra Mundial Editar

Soldados Editar

Durante a Primeira Guerra Mundial, no ano de 1916, em Londres, sob a ameaça de invasão alemã, foi substituído temporariamente sua força policial regular com soldados do exército britânico até que a guerra chegasse ao fim. Estes homens da infantaria agiam muito semelhante à força de polícia da Londres vitoriana. Eles carregavam bastões, rifle Lee-Enfield e um revólver Webley. Se eles ouvissem ou vissem problemas, eles teriam atingido o suspeito com um bastão e se eles tivessem fora de alcance, atirarariam com seus rifles ou pistolas. Eles usavam uniformes padrão do exército britânico durante a Primeira Guerra Mundial, que incluíam um uniforme de serviço com equipamentos em torno dele, botas pretas com polainas e um capacete. (Na Primeira Guerra Mundial os britânicos já haviam abandonado os famosos uniformes vermelhos).

Oficiais

Oficiais do exército britânico em 1916 poderia ser visto muitas vezes iderando um esquadrão enquanto patrulhavam. Eles usavam uniformes semelhantes aos da infantaria padrão, mas com um boné de pala, em vez de um capacete e nenhum equipamento alado em torno de seu uniforme. Eles eram mais resistente do que a infantaria regular em combate e usavam um bastão contra o suspeito e um revólver quando estivessem fora de alcance.

(Em Assassin's Creed Syndicate existe um "bug do Animus" que faz com que o usuário deixe de ver as memórias de Jacob e Evye Frye e o teletransporta para a Londres da Primeira Guerra Mundial, aonde é possível ver temporariamente as memórias de Lydia Frye, neta de Jacob Frye)








CuriosidadesEditar

  • Na missão que tem que matar Emilio Barbarigo os ladrões se vestem com as roupas dos arqueiros que você matou.
  • Na missão de matar Carlo Grimaldi você ve um guarda bruto no telhado.
  • Os guardas com armas longas ou de ferro, se estiverem sem armas, podem pegar uma arma comum no chão, ficando mais vulneráveis.
  • Em ACB na entrada do país do Vaticano dentro dele se ve gente comum mas nunca se ve gente comum entrando e nem saindo dele apenas padres.
  • Os soldados turcomanos foram os primeiros soldados a adotarem o uso de "perdeneiras" ou armas de fogo, em combate.
  • O jeito mais eficiente de se derrotar um Janízaro é por meio do combate desarmado ,sendo que, desviando dos ataques e iniciando uma sequência de golpes desarmados, desmaiando o Janízaro.
  • Ezio não é capaz de empunhar as "perdeneiras" dos Janízaros ou os rifles dos atiradores otomanos.
  • Apesar de os otomanos não serem inimigos de Ezio, estes aparecem como inimigos na Eagle Vision de Ezio.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.