FANDOM


Íconedeera-LinhadotempoÍconedeera-AC3Íconedeera-Mundoreal

A Festa do Chá de Boston foi um protesto contra o Governo Britânico em Boston, Massachusetts, em reação a Lei do Chá de 1773.

O Assassino Connor e os Filhos da Liberdade organizaram a destruição do chá da Companhia das Índias Orientais por duas razões distintas. O incentivo de Connor era prejudicar a renda de William Johnson, enquanto o objetivo dos Filhos da Liberdade era enviar uma mensagem de resistência à Inglaterra.

OrganizaçãoEditar

"Então, para o Griffin's Wharf, onde embarcaremos nos navios e despejaremos o chá. Simples assim."
―Samuel Adams para Connor sobre seu plano[src]

Depois de saber do plano de Johnson de comprar a terra Kanien'kehá:ka onde sua aldeia ficava, Connor encontrou-se com Samuel Adams para discutir uma maneira de destruir os meios de financiamento dos Templários.

Com o plano feito, Adams discutiu com Connor o plano de despejar chá britânico no porto de Boston. O motivo por trás disso foi enviar uma mensagem de revolta à Inglaterra. Felizmente para os Filhos da Liberdade, Connor queria se livrar de Johnson, e então Adams conseguiu persuadir o Assassino a se juntar a eles no ataque para poder atingir o bolso de Johnson e atrasar a compra das terras de Kanien'kahá:ka.

Destruindo o cháEditar

"Melhor sairmos daqui, eh?"
―Stephane para Connor após jogar o último chá na água[src]
BostonTeaParty-600x300

Connor e Stephane despejando chá na água.

À noite, os Filhos da Liberdade e um grupo de manifestantes Patriotas caminhavam em direção ao cais disfarçados de guerreiros Kanien'kehá:ka. Na chegada, os Filhos da Liberdade disfarçados e outros participantes embarcaram nos três navios que continham o chá e começaram a despejar todos os engradados no porto. Com certeza, quando multidões começaram a se reunir em torno de Dartmouth, Eleanor e Beaver, os soldados britânicos notaram a dissipação da carga preciosa e decidiram agir.

Connor consegue impedir as forças britânicas de avançarem no navio e o chá é jogado no mar. Quando ele acaba, Connor consegue ver Willian Johnson e alguns outros Templários vendo o que eles fizeram, porém Connor não vai atrás de Johnson por ora.

ReferênciasEditar