FANDOM


Íconedeera-IndivíduosÍconedeera-AC3Íconedeera-Assassinos

Deborah "Dobby" Carter (1736 – desconhecido) foi uma membro dos Assassinos Coloniais no final do século XVIII, que vivia na zona norte de Nova Iorque. Quando recrutada, permitiu a Ratonhnhaké:ton usar a habilidade de atrair guardas com os aprendizes.

BiografiaEditar

Deborah era filha de Amos Carter, um comerciante local, em Nova Iorque que era conhecido por acumular muitas dívidas. Com isso, aos 10 anos ela se virava como podia se disfarçando de menino e ganhando o apelido de "Dobby" para poder trabalhar de mensageiro, no entanto muitos das pessoas para quem trabalhou já conheciam ela mas fingiam ser enganados pelo disfarce.[1]

No entanto na adolescência, teve de abandonar seu disfarce já que seu corpo mudou com a idade, embora tenha mantido o apelido Dobby. Deborah também era conhecida por ajudar os pobres, muitas vezes arranjando brigas com cobradores de impostos.[1]

Ela conheceu Connor no norte de Nova Iorque, onde a fome predominava naquela região. Após Connor ajudar alguns civis, ela descobriu que o responsável pela fome era um comerciante Templário. Com a ajuda dela Connor assassinou o comerciante e ela se juntou a ordem.[1]

Em 1781, Carter, ao lado de Stephane Chapheau, Duncan Little e Jacob Zenger, ajudaram o marquês de Lafayette a limpar os túneis para o distrito militarizado de Nova Iorque como parte do plano de Connor para se infiltrar no Fort George e assassinar Charles Lee.[1]

GaleriaEditar

ReferênciasEditar

  1. 1,0 1,1 1,2 1,3 Assassin's Creed III