FANDOM


Íconedeera-FilmedeAC.pngÍconedeera-Assassinos.png

PL Treasure HunterHQ.png Aquele que aumenta em conhecimento, aumenta em tristeza.

Este artigo contém spoilers, o que significa que tem informações e fatos a respeito de lançamentos recentes ou futuros da série Assassin's Creed.
Se você não quiser saber sobre esses eventos, é recomendável ler com cuidado, ou não tudo.

PL Broken-heartedHQ.png Aqui nós procuramos abrir a mente dos homens.

Este artigo é um esboço e precisa de expansão. Você pode ajudar a Assassin's Creed Wiki expandindo ele.

Callum Lynch
Callum Lynch.jpg
Informações biológicas
Nasceu em

21 de outubro de 1979
Alcalde, Novo México[1]

Informações políticas
Afiliações

Assassinos

Informações do mundo real
Aparece em

Assassin's Creed: O Filme
Assassin's Creed: Livro Oficial do Filme

Ator

Michael Fassbender
Angus Brown (Callum jovem)

Dublador

Alexandre Marconato (Callum adulto)

Callum "Cal" Lynch (nascido em 1979) é um membro da Irmandade dos Assassinos dos dias modernos e um descendente do Assassino Espanhol do século XV, Aguilar de Nerha.

BiografiaEditar

Primeiros anosEditar

Callum nasceu em 21 de outubro de 1979, filho de Joseph e Mary Lynch, membros da Ordem dos Assassinos. Aos sete anos, ele testemunhou a morte de sua mãe pelas mãos de seu pai, que acabou capturado por agentes da Abstergo liderados por Alan Rikkin momentos depois. Callum passou grande parte de sua adolescência em abrigos ou centros de detenção para menores, evitando tanto os Assassinos quanto os Templários, até ser preso pelo assassinato de um cafetão.

Sequestrado pela AbstergoEditar

Em 21 de outubro de 2016, Callum foi publicamente executado pelo Estado do Texas, embora, mais tarde, descobrisse que, com a ajuda da Abstergo Industries, uma empresa dirigida pelos Templários liderados pela Dra. Sophia Rikkin, tudo não passasse de uma encenação.

Sophia Rikkin revela que Callum havia sido levado para uma instalação da Abstergo em Madrid, na Espanha, para ajuda-los a encontrar a "cura para a violência", inerentemente presente na humanidade, e principalmente nos descendentes dos Assassinos. Para tal, ele deveria localizar um artefato conhecido como "Maçã do Éden", cujos últimos relatos afirmavam estar em posse de seu ancestral Aguilar de Nerha, um Assassino Espanhol do século XXV.

Callum é posto no Animus e equipado com as Lâminas Ocultas de Aguilar, que haviam sido recuperados de seu túmulo. Na Animus|máquina, ele foi forçado a reviver as memórias genéticas de seu ancestral, até ser bruscamente retirado após colidir com o chão. Callum então passou a ver imagens de Aguilar como resultado do Efeito de Sangramento.

No dia seguinte, Callum foi apresentado à população da instalação, incluindo Moussa, um descendente do Assassino Haitiano do século XVIII, Baptiste. Durante o confuso encontro, Callum descobre que os Assassinos protegeram e continuam protegendo a Maçã dos Templários.

Retornando à sua cela, Callum tem mais uma visão de Aguilar, com quem acaba interagindo por meio de um combate. É nesse momento que ele é forçado a retornar ao Animus por insistência do Dr. Alan Rikkin, que estava sob pressão para localizar a Maçã.

Dessa vez, a sessão de Callum é violentamente finalizada após ele dessincronizar de Aguilar durante um Salto de Confiança. Todo o dano causado pelo evento é rapidamente tratado pela equipe médica de Sophia. Ainda assim, Callum teve de usar uma cadeira de rodas por conta de uma paralisia temporária de suas pernas.

Reunião com seu paiEditar

No dia seguinte, Callum foi visitado pelo pai de Sophia, Alan Rikkin, que em uma tentativa de convencê-lo a entrar no Animus por vontade própria, informou que seu pai, Joseph, também estava na instalação. Rikkin assumiu, corretamente, que Callum desejava destruir seu passado ao invés de lidar com ele.

Presenteado com a Lâmina Oculta que seu pai havia usado no passado, Callum o confronta. Joseph revela que a morte de sua mãe foi necessária para impedir que os Templários a pusessem no Animus e localizassem a Maçã. Assim, negando matar seu pai a sangue frio, Callum prometeu ajudar os Templários a encontrar o artefato, somente para vê-los destruir os Assassinos modernos.

Mais uma vez, Lynch retorna para o Animus, dessa vez por vontade própria, disposto a localizar a Maçã pelas memórias de Aguilar. Durante a preparação, ele é confrontado pelo chefe da segurança, McGowen, que revela sua admiração e respeito pela integridade dos Assassinos e compromisso pela causa, afirmando que pensava o oposto sobre Callum.

Recuperando a MaçãEditar

No Animus, Callum testemunhou a traição dos Templários quando a companheira de Aguilar, Maria, foi assassinada por Ojeda na tentativa de recuperar a Maçã. Enquanto Aguilar escapava de seus perseguidores, Callum permaneceu sincronizado o suficiente para realizar com sucesso um salto de confiança, o que resultou na quebra violenta do braço mecânico do Animus enquanto o forçava no chão. Ainda assim, Lynch continuou sincronizado, permitindo-o assistir o momento em que Aguilar entregou a Maçã para Cristóvão Colombo. Tendo sucesso ao localizar a Maçã na tumba de Colombo na Catedral de Sevilha, Sophia, Alan e McGowen foram forçados a evacuar a instalação durante uma revolta liderada por Moussa e seus aliados Assassinos.

Nesse tempo, Callum permaneceu conectado ao Animus, assistindo à visão de diversos fantasmas de ancestrais Assassinos de diferentes períodos históricos, incluindo não só Aguilar, como também seu pai e mãe. Aceitando seu dever para/com o Credo, Callum decide escapar do local e recuperar a Maçã. Junto à Moussa, Nathan, Emir e Lin, ele consegue escapar do local depois de bastante resistência.

Apesar da morte de Emir e Nathan, os Assassinos tiveram sucesso em localizar Rikkin em Londres, onde a Ordem dos Templários se reunia em massa para celebrar a recuperação da Maçã. Callum, Moussa e Lin conseguem se infiltrar no evento carregando junto deles, partes separadas de uma Lâmina Oculta para reconstruí-la no local.

Callum confronta Sophia que, desiludida com as prioridades de seu pai - eliminar os Assassinos ao invés de eliminar a violência como um todo – não o impede de recuperar a Maçã e matar seu pai.

CuriosidadesEditar

  • "Callum" é um nome gaélico masculino que significa "pomba" no gaélico escocês e irlandês, continuando a tendência dos protagonistas de Assassin's Creed com nomes de temas aviários.
  • Na cena com o quadro de avisos mostrando a árvore genealógica de Callum, a fotografia de um jovem Callum tem seu nome escrito como "Cal", com o "A" escrito como a insígnia dos Assassinos.

ReferênciasEditar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória