FANDOM


Íconedeera-UnityÍconedeera-Livro de Unity

Bernard-René de Launay

Retrato do Marquês de Launay.

Bernard-René Jourdan, marquês de Launay (8 ou 9 de abril de 1740 - 14 de julho de 1789) foi um nobre francês e o governador e comandante da Bastilha, uma prisão e fortaleza militar, no início da Revolução Francesa.

BiografiaEditar

Queda da BastilhaEditar

No dia 14 de Julho de 1789, uma multidão milhares de revolucionários liderados por Pierre-Augustin Hulin cercaram a Bastilha e ameaçaram invadir a prisão, demandando toda as armas de fogo e pólvora que estavam armazenadas na Bastilha. De Launay estupidamente recusou, e os revolucionários então cortaram as correntes que cortavam a ponte corrediça da Bastilha e invadiram a prisão.

Após alguma hesitação, de Launay ordenou que seus homens disparassem contra a multidão, e tornou a Bastilha em um campo de batalha sangrento. No meio do caos, Arno Dorian e Pierre Bellec escaparam de suas celas e pularam da torre para o rio abaixo, escapando dos guardas de de Launay. A Templária Élise de la Serre também se misturou em meio a multidão de atacantes, procurando por Arno, que era seu irmão adotivo e amante. Ela entre tanto fugiu quando viu Arno e Bellec fazerem um Salto de Confiança, e quando notou que os revolucionários não gostavam do cabelo vermelho e do sotaque nobre dela.

Em meio ao caos, os revolucionários massacraram os guardas da prisão e cercaram de Launay. Embora tenha implorado piedade, os revolucionários brutalmente esfaquearam de Launay repetidamente, antes de um açougueiro bruto chegar e cortar a cabeça de de Launay com seu facão, colocando a cabeça do comandante em uma lança e desfilando com ela pelo distrito até o Hôtel de Ville, onde sua cabeça foi desfilada e mostrada ao público junto com a de Jacques de Flesselles.

CuriosidadesEditar

  • Historicamente, de Launay não foi morto durante a invasão, e sim quando chegou no Hôtel de Ville, onde foi torturado e decapitado. No romance de Unity, escrito por Oliver Bowden, é contado que Élise viu de Launay ser executado na Bastilha.
  • O trailer da E3 de 2014 do Assassin's Creed: Unity mostra Arno e três outros Assassinos ajudando os revolucionários a invadirem a Bastilha, e o comandante dos guardas é mostrado ameaçando estourar a pólvora da prisão, algo que de Launay ameaçou fazer na vida real. Assim, é possível que esse comandante do trailer seja o próprio de Launay ou seja apenas baseado nele.

ReferênciaEditar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória