Fandom

Assassin's Creed Wiki

Assassin's Creed: Bandeira Negra

1 026 páginas
nesta wiki
Adicione uma página
Falar0 Compartilhar


"Eu estava sendo testado. Cada pergunta, cada desafio que me lançavam - Tudo era uma tentativa de me obrigar a provar meu valor. Até agora, passei no teste. Não com louvor, mas passei."

Predefinição:Quote

Capa de AC Bandeira Negra.jpg
Editora: Galera Record
Autor: Oliver Bowden
Publicação: 2013
Páginas: 334
Gênero: Romance Estrangeiro
ISBN9788501100962

Assassin's Creed: Bandeira Negra é a sexta obra da série Assassin's Creed redigida por Oliver Bowden, no ano de 2013.  

A estrututa do romance é bem similar as demais obras da franquia, sendo este dividido por quatro partes e os tão tradicionais capítulos breves. Porém, diferente dos outros livros, o narrador da história não é onisciente, mas sim o próprio Edward Kenway, onde assume em diveros trechos falas informais. 

Cada capítulo possui uma data específica, não tendo uma ordem cronológica muito coesa. 


Parte Um 

1719. Edward Kenway inicia o capítulo com a narração de seus tempos de pirata, a dizer que ele e sua tripulação estavam à procura de um novo cozinheiro, já que o antigo havia falecido por conta de uma fatalidade e como eles armaram uma empreitada para conseguir raptar um de outra embarcação. 

1711. O narrador Kenway prossegue seu relato a dizer como conheceu Caroline Scott, e para tal recua no tempo, para o período onde era um ovinocultor, com apenas 17 anos de idade. Boêmio por excelência, conheceu Caroline Scott após se meter em uma peleja na taberna Auld Shillelagh, para salvar Rose, uma das criadas de Caroline das garras, possivelmente, mal-intencionadas de Tom Cobleigh e companhia. Neste capítulo Kenway também fala brevemente do local onde morava, um vilarejo chamado Hatherton e um pouco de seus pais - Bernard e Linette Kenway.  Os pais de Edward Kenway ficaram irritados por conta da briga que o filho se envolvera e disseram-lhe que por conta dela, Cobleigh poderia armar alguma confusão com a família. Na mesma ocasião, Bernard Kenway diz ao filho que recusara o ingresso a uma grande "organização do comércio". O protagonista continua sua história com investigações acerca de Caroline Scott e sua família. Descobriu que o pai dela chamava-se Emmett Scott e este era um mercador rico. Descobriu também que Caroline já era comprometida com Matthew Hague, filho de Sir Aubrey Hague, o maior proprietário de terras de Bristol. 

Após uma série de complicações envolvendo seus anseios por Caroline Scott, Edward Kenway consegue, de fato, chamar a atenção da amada. Porém, enquanto os laços entre ambos não foram findados, Kenway conhece Dylan Wallace em uma taberna da cidade. Este por sua vez faz uma proposta escusa à Edward: a de ser um corsário. Kenway recusa a oferta, pois ainda é preso à diversas pendências em sua vida.  Apesar de ter recusado em um primeiro momento a oferta de ser um corsário, o protagonista pondera melhor e começa a cogitar ser um, a ter em vista os benefícios que isso poderia acarretar. 

Caroline Scott encontra-se com Kenway e ambos conversam sobre o futuro relacionamento dela com Matthew Hague. Caroline é bem clara e diz que não está nada interessada em Hague, o que acaba por gerar novos anseios em Edward. Tais anseios são findados quando Edward resolve pedir sua amada em casamento, já que ela aceita. 

Trivia EditarEditar

  • O terceiro capítulo do livro pode ser encontrado em um dos arquivos de computador hackeado de Abstergo entretenimento.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no Fandom

Wiki aleatória