FANDOM


Íconedeera-LugaresÍconedeera-RecollectionÍconedeera-OriginsÍconedeera-Cruzada Secreta

Alexandria é a segunda maior cidade do Egito, localizada na costa do Mar Mediterrâneo. Fundada por Alexandre o Grande, Alexandria era caracterizada por seu estilo helenístico, e serviu como a capital do Egito durante o governo da Dinastia Ptolemaica.

HistóriaEditar

Reino PtolemaicoEditar

Na época do governo de Ptolemeu XIII, Alexandria era uma cidade marcada pelos abusos das autoridades, miséria das classes baixas, revoltas e corrupção. Os Phylakitai liderados por Gennadios eram cruéis opressores que impediam qualquer revolta, seja ela direta ou indireta, de acontecer. O Templo de Serápis estava decadente, fome predominava nas ruas e poetas e críticos eram sequestrados, torturados e até mortos se falassem o que não deviam.

Além disso, a cidade estava sob controle da misteriosa Ordem dos Anciões, que usava os Phylakitai como músculo e Ptolemeu como marionete. O escriba real, Eudoros, garantia os interesses da Ordem na cidade, junto de seus dois tenentes Acteon e Ktesos, enviava informações aos membros da Ordem no deserto e assegurava a obediência de Ptolemeu.

Em 48 AEC, Aya, uma agente da exilada Cleópatra e esposa de Bayek, assassinou Acteon e Ktesos como vingança pela morte do filho pequeno dela Khemu. Mas isso fez com que Eudoros mandasse Gennadios e os Phylakitai atrás dela. Os poetas liderados por Phanos, o Jovem também corriam perigo por causa das críticas deles ao Faraó.

Bayek, que havia chegado em Alexandria procurando se encontrar com Aya, viu os problemas da cidade e resolveu ajudar a resolvê-los. Ele ajudou Phanos e recuperou suas obras confiscadas, resgatou alguns de seus poetas e atores aliados, matou alguns dos Phylakitai que rondavam a cidade e assim facilitou a vida deles. Ele também auxiliou o Templo de Serápis, resgatando o percussionista e roubando um carregamento confiscado de alimentos dos Phylakitai, mas isso causou a ruína do sacerdote Lysander, que com a ajuda de Bayek]], fugiu da cidade.

Para tirar o alvo das costas de Aya, Bayek assassinou Gennadios, e logo em seguida, enfrentou Eudoros em uma casa de banho e assassinou-o. Alexandria havia se tornado um lugar melhor, mas mais batalhas seriam travadas aqui.

Idade MédiaEditar

Na década de 1240, a viúva e filha de Sef Ibn-La'Ahad mudaram-se para Alexandria. O irmão dele Darim Ibn-La'Ahad fez o mesmo após o cerco de Masyaf pelos mongóis.

MarcosEditar

ReferênciasEditar