FANDOM



"Apodreça no Inferno, Thomas"
―Nikola Tesla antes de causar a explosão.
Tungaska Explod v

Data: 30 de Junho de 1908.


Local: Tunguska, Rússia
Resultado: Destruição da Instalação e de parte de um Piece of Eden
Assassinos envolvidos: Nikolai Orlov e Nikola Tesla
Templários envolvidos: Grigori Rasputin

A explosão de Tunguska foi uma explosão extremamente poderosa que ocorreu perto do rio Podkamennaya em Tunguska, no que é hoje Krasnoyarsk Krai, Rússia, mais ou menos ás 7h14 de 30 de junho de 1908.

Ela foi causada por Nikola Tesla, em colaboração com a Ordem dos Assassinos, que estava tentando destruir um templário dentro de um centro de pesquisa onde uma das Pedaços do Éden estava sendo experimentadas.

PrelúdioEditar

Em 1905, o Templário Grigori Rasputin conseguiu a posse do cetro imperial de czar Nicolau II, que foi uma das Pedaços do Éden. Ele foi então levado para uma instalação secreta no centro da Rússia, perto do rio Tunguska. Lá, a equipe foi usada como parte de uma pesquisa em onda de geração de tecnologia.

A explosãoEditar

Vários anos antes de 1905, o inventor Nikola Tesla tinha sido desacreditado e quase arruinado pelos Templários, especialmente por Thomas Edison. No verão de 1908, os membros da Ordem dos Assassinos contataram Tesla, e ofereceram-lhe a oportunidade de vingar-se dos Templários. Nikolai Orelov e dois outros assassinos infiltrados na instalação, com o objetivo de recuperar o Pedaço do Éden antes da explosão.  No entanto, os assassinos foram incapazes de remover a Piece of Eden da instalação a tempo, e Tesla já estava pronto para realizar suas ordens. Usando seu domínio sob a electricidade e da Torre Wardenclyffe, Tesla transmitiu uma explosão imensa de energia elétrica para a instalação, e na Piece of Eden, criando uma das maiores explosões da história. Esta explosão destruiu a unidade de pesquisa e os funcionários dentro dela. Por motivos desconhecidos Nikolai foi o único sobrevivente do evento, e acabou encontrando-se com as vestes rasgadas e em pedaços no meio da cratera causada pela explosão.

Depois da ExplosãoEditar

  • A explosão foi uma vitória para os Assassinos.
  • O evento destruíu a PoE , embora pelo menos um fragmento fosse recuperado.
  • O fragmento finalmente caiu nas mãos de Grigori Rasputin, que mais tarde foi morto por conspiradores em dezembro de 1916.
  • Depois de seu enterro, o corpo de Rasputin foi desenterrado por Nikolai Orelov, em sua busca pelo fragmento.

GaleriaEditar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.