FANDOM


Íconedeera-UnityÍconedeera-RogueÍconedeera-Livro de UnityÍconedeera-Dossiê do FuncionárioÍconedeera-Templários

Este artigo é sobre o Templário. Você pode estar procurando a contrabandista Francesa.
Élise de la Serre
ACU Render de Élise
Informações biológicas
Nasceu em

1768
Versalhes, Reino da França

Morreu em

28 de julho de 1794
Paris, República Francesa

Informações políticas
Afiliações

Templários
Casa dos Serre

Informações do mundo real
Aparece em

Assassin's Creed: Unity
Assassin's Creed: Rogue
Romance de Unity

Dublador

Catherine Bérubé
Angela Galuppo (jovem)

Élise de la Serre (1770 - 1794) foi uma nobre Francesa e Templária. Assim como a irmã adotiva e amante do Assassino Arno Dorian.

BiografiaEditar

Início da vidaEditar

Élise nasceu como filha de François de la Serre, o Grão-Mestre dos Templários franceses, e Julie de la Serre em 1770. Devido a suas conexões Templárias, a família possuía muita influência, levando Élise a ter uma infância muito privilegiada. No entanto, sua natureza aventureira a impedia de ser desocupada, preferindo a companhia de criados para brincar.

Seu pai adotou Arno Dorian depois do pai biológico do menino morrer em circunstâncias suspeitas. Como resultado, ela e Arno cresceram juntos, com seu jeito energético meteu seu irmão adotivo em apuros; uma vez ela o convenceu a saltar uma cerca em um pomar, que passou a ser patrulhada por cães de guarda. Élise se inspirava na personalidade de sua mãe, e desde criança , não era nada parecida com as outras meninas de sua idade, n havia nenhum interesse dentro dela por brincar de bonecas ou tomar chá de mentirinha , ela achava tudo isso ridiculo e por muitas vezes preferia brincar com os meninos de espada. Após a morte de sua mãe em 1778, Élise passou muito tempo viajando, incluindo vários anos de estudo em Paris.

Ao longo de sua infância, Élise estava sendo secretamente preparada para sua eventual nomeação para a Ordem dos Templários, com o treinamento sendo disfarçado de atividades extracurriculares, assim como aulas de esgrima. Tendo perdido contato com Arno, em algum momento, ela se reuniu com ele quando o pai de Élise foi assassinado como consequência de um golpe de Estado na Ordem dos Templários, ocasionado por uma mudança na ideologia do poder e do núcleo.

Apesar de suas alianças opostas, Élise e Arno compartilharam o objetivo de encontrar o assassino do pai. No entanto, enquanto Arno tentava se redimir, Élise foi impulsionada por vingança, querendo justiça pelo assassinato de seu pai. Como membro da "velha guarda", Élise também desejou salvaguardar sua Ordem contra a corrupção, chocando-se com os novos templários no poder, bem como Arno, que alegou sua lealdade aos assassinos.

Personalidade e característicasEditar

Um espírito livre, Élise raramente estava ociosa e muitas vezes andava buscando problema em sua juventude. Ao crescer, ela desenvolveu um conjunto de valores que fielmente vivia e estava disposta a ir ao limite para ver seus objetivos cumpridos. Devido à extensiva formação ao longo da sua vida, ela era ao mesmo tempo bem-educada e fisicamente apta; sua habilidade em empunhar uma espada ultrapassava mesmo a de Arno. Na batalha ela iria contar com a estratégia, planejando contra-atacar os movimentos de seus oponentes antes do tempo.

Apesar de serem tecnicamente família, Élise e Arno viam um ao outro não como irmãos, mas como amigos durante a sua juventude. Ao crescer, os seus sentimentos afloraram e os dois finalmente se apaixonaram.

CuriosidadesEditar

  • O nome Élise é uma forma diminutiva do nome francês Élisabeth, que significa "promessa de Deus". Enquanto isso, o nome da família de Elise vem do francês Serre, que significa "garra”, enquanto que de la, "do(a)", indica nobreza.
  • Antes dos acontecimentos de Assassin"s Creed Unity, Elise havia feito uma viagem a Londres, na Grã Bretanha, onde conheceu a idosa Jennifer Scott, irmã do templário Haytham Kenway e tia do Assassino Connor Kenway. Jennifer entregou as cartas que Haytham escrevia para ela para Élise, esperando que Élise ganhasse sabedoria de suas palavras e visse que os Assassinos e Templários poderiam unir-se em seus objetivos. Ela também deu a Élise um pingente Templário  que Haytham tinha enviado, mas as duas mulheres se separaram em condições ruins, como Jennifer se recusou a tomar parte na luta entre Assassinos e Templários, pois por causa dela teve o pai (Edward Kenway) e o irmão (Haytham Kenway) assassinados, com este último sendo morto por seu próprio filho (Connor Kenway) um Assassino.

GaleriaEditar

ReferênciasEditar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória